Title: Arquéstrato, Iguarias do Mundo Grego. Guia gastronómico do Mediterrâneo Antigo
Authors: Soares, Carmen 
Keywords: Literatura gastronómica;Grécia antiga;Arquéstrato;alimentação do Mediterrâneo;ingredientes;técnicas culinárias;história da alimentação
Issue Date: Nov-2016
Publisher: IUC
Project: Trabalho desenvolvido no âmbito do projeto UID/ELT/00196/2013, financiado pela FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia 
Publicação financiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do: Concurso anual de 2014 de Apoio a Projectos de Investigação no domínio da Língua e Cultura Portuguesas. 
Abstract: A presente obra constitui a primeira tradução para português do texto grego de literatura gastronómica mais antigo a ter chegado aos nossos dias, ainda que apenas sob a forma de fragmentos. O poema do siciliano Arquéstrato (séc. IV a. C.) é um retrato da alimentação requintada das elites aristocráticas, com poder económico para comprar o mais caro dos ingredientes (o peixe fresco de qualidade) e para realizar as rotas gastronómicas implícitas no texto. No cap. I procede-se à análise dos dados biográficos do autor e à história da transmissão e receção da sua obra até aos nossos dias. Segue-se a tradução dos 60 fragmentos que a compõem (cap. II), acompanhada de notas explicativas e de fotos de algumas das iguarias (reproduzidas da forma mais fidedigna possível). No cap. III realiza-se uma análise detalhada do contributo do poema para a história da alimentação na Grécia antiga. Aí a “cozinha de Arquéstrato” é considerada sob cinco perspectivas: produtos, métodos culinários, utensílios, mobiliário e agentes de produção. Destaca-se nesta parte o recurso a mapas de localização de ingredientes usados na confeção das receitas culinárias presentes na obra e um pormenorizado estudo da terminologia técnica usada no universo da cozinha do poeta. A obra está, ainda, complementada por um anexo com as receitas das fotos, atualizadas segundo os padrões modernos, pela bibliografia (edições e estudos) e por índices de fauna e flora alimentares mencionados (em português, nome latino científico e em grego).
URI: http://hdl.handle.net/10316/34209
ISBN: 978-989-26-1244-7
Other Identifiers: 10.14195/978-989-26-1245-4
DOI: 10.14195/978-989-26-1245-4
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Estudos Clássicos - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquéstrato-Carmen.pdfA presente obra constitui a primeira tradução para português do texto grego de literatura gastronómica mais antigo a ter chegado aos nossos dias, ainda que apenas sob a forma de fragmentos. O poema do siciliano Arquéstrato (séc. IV a. C.) é um retrato da alimentação requintada das elites aristocráticas, com poder económico para comprar o mais caro dos ingredientes (o peixe fresco de qualidade) e para realizar as rotas gastronómicas implícitas no texto.29.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons