Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/95071
Title: A Ciência e a Tecnologia na Indústria Têxtil e do Vestuário
Other Titles: Uma abordagem historiográfica ao setor em Guimarães
Authors: Nogueira, Paula Maria Ramos 
Orientador: Martins, Décio
Fiolhais, Carlos
Santos, Gilberto
Keywords: História da Ciência; Ciência e Tecnologia; Indústria Têxtil; Industrialização; History of Science; Science and Technology; Textile Industry; Industrialization
Issue Date: 22-Sep-2020
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A tradição têxtil é ancestral. O domínio da ciência e da tecnologia favoreceu invenções, inovações e progressos, uma dinâmica que ganhou considerável projeção com a Revolução Industrial. O nascimento da «civilização industrial» gerou transformações irreversíveis, operou ruturas em diferentes domínios e funcionou como ignição para o desenvolvimento económico e social. Em Portugal, o fervor industrializante operou-se particularmente na indústria têxtil e do vestuário (ITV). Apesar de ser um importante setor de exportação da economia nacional enfrenta desafios críticos: défice de imagem, mentalidade empresarial idiossincrásica, escassez de mão-de-obra qualificada e baixas taxas de transferência de Investigação e Desenvolvimento (I&D). Regularidades como o atraso tecnológico, o analfabetismo, a reduzida dimensão do mercado ou a falta de capital atravessam o vasto período histórico observado nesta pesquisa. A substituição do tear manual pelo equipamento mecânico representa o primeiro salto tecnológico do setor. A introdução da eletricidade como principal fonte de energia teve um impacto significativo, da produção à organização social no contexto de fábrica. Também a química industrial influenciou métodos de trabalho nos acabamentos têxteis. Mudanças tecnológicas que tiveram nos técnicos e engenheiros estrangeiros um importante suporte, pois coube-lhes a formação, nas fábricas, os operários a quem transferiram conhecimento e domínio de diferentes técnicas. O desenvolvimento da indústria têxtil (em Guimarães) esteve condicionado à falta de um sistema de ensino eficiente e à ausência de um intercâmbio com as instituições de ensino superior. A criação da Universidade do Minho em 1973, associada a unidades de investigação reconhecidas internacionalmente alterou o panorama. As sucessivas crises que afetaram o setor forçaram uma rutura com o modelo antigo. Estes aspetos influenciarão, decisivamente, a consolidação de uma centralidade industrial (têxtil) no concelho de Guimarães. A consciência sobre a importância da relação entre ciência, tecnologia e inovação esteve sempre presente, nomeadamente, na defesa do ensino industrial. A fase de industrialização articulou o envolvimento de industriais, elites e população, subordinando-se a uma estratégia local com origem no século XIX, mas cujos efeitos perduraram até ao século XXI. As descontinuidades identificadas convergem com um novo salto tecnológico. O setor têxtil está mais competitivo, resiliente, centrado na tecnologia e na inovação, orientado para mercados exigentes, e disponível para abraçar os desafios da digitalização impostos pela Indústria 4.0. Pretende-se com este projeto identificar e analisar as potencialidades e constrangimentos da ITV entre 1850 e 2016 no concelho de Guimarães, e determinar contributos da ciência e da tecnologia para o crescimento do setor, mesmo quando ameaçado pelas suas fraquezas.
The textile tradition is very old. Mastering science and technology favored inventions, innovations, and progresses, a dynamic process which gained remarkable projection with the Industrial Revolution. The birth of «industrial civilization» caused irreversible changes and disruptions in several areas, being an ignition key to economic and social development. In Portugal, the industrialization process operated successfully in the textile and clothing industry (TCI). Despite being today an important export sector of the national economy faces some critical challenges: image deficit, idiosyncratic business mindset, shortage of skilled labor and low Research and Development (R&D) transfer rates. Regularities such as technological backwardness, illiteracy, small national market or capital insufficiency cross a vast historical period observed in this research. The replacement of the hand loom by mechanical equipment represents the first technological leap for the textile sector. In the first years of the 20th century the introduction of electricity as the main energy source had a significant and transformative impact, either over production or at social organization in factory context. Industrial chemistry also influenced working methods in textile completion. These technological changes were supported in foreign technicians and engineers, inasmuch as these specialists had an important role in training the factory workers, to whom they transferred knowledge and mastery of different techniques. The development of the textile industry (in Guimarães) was conditioned by an inoperative education system and the absence of higher education institutions connected with the industry. However, the opening of the University of Minho (1973), associated with its internationally recognized research units, contributed to change the scenario. This change was accentuated by successive crises that affected and forced the textile industry into a rupture with the old management model. These aspects decisively influenced the consolidation of an industrial (textile) centrality in the region of Guimarães. Industrialization was sustained over a local and articulated plan, involving industrialists, elites and population, subordinating itself to a strategy established in the late decades of the 19th century, lasting in its effects, until the 21st century. The identification of discontinuities converges with a new technological leap. The textile sector is resilient, more focused on technology and innovation, more oriented towards demanding, competitive markets and available to embrace the challenges of digitalization, imposed by Industry 4.0. This project intends to identify and analyze the potential and constraints of TCI between 1850 and 2016 in Guimarães and determine the science and technology contributions for the growth of the sector, even when threatened by its weaknesses.
Description: Tese no âmbito do Programa Conjunto de Doutoramento em História das Ciências e Educação Científica da Universidade de Coimbra e da Universidade de Aveiro.
URI: http://hdl.handle.net/10316/95071
Rights: openAccess
Appears in Collections:IIIUC - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

67
checked on Oct 21, 2021

Download(s)

231
checked on Oct 21, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.