Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94212
Title: Desenvolvimento e caracterização de compósitos utilizando polipropileno reciclado e farinha de madeira
Authors: Barbosa, Thiago Fernandes
Orientador: Luporini, Samuel
Azevedo, Joyce Batista
Keywords: polipropileno reciclado; compatibilizantes; compósitos; farinha de madeira
Issue Date: 2017
Place of publication or event: Universidade Federal da Bahia
Abstract: O consumo de resinas termoplásticas no Brasil tem crescido a uma taxa de 4,7% ao ano, tendo em 2014 um consumo superior a 6,3 milhões de toneladas, sendo que, no Brasil, o percentual de plásticos reciclados é de apenas 7,9%. Para diminuir a quantidade de resíduos plásticos, é necessário o reuso e reciclagem do plástico existente, seja reprocessado puro, com fibras vegetais ou com fibras sintéticas para a obtenção de melhores propriedades mecânicas, redução de resíduos no ambiente e inserção como materiais de engenharia. Neste contexto, pelo descarte desses materiais ser um dos atuais problemas ambientais enfrentados, o desenvolvimento de compósitos de materiais plásticos reforçados com fibras naturais tem sido objeto de estudo para amenização de tal problema. Neste trabalho foram desenvolvidos e caracterizados compósitos de matriz de polipropileno reciclado processados com farinha de madeira proveniente de MDF. Foram avaliadas as propriedades de resistência ao impacto, tensão máxima na flexão e tração. A influência de diferentes percentuais de fibra, granulometria da fibra e dos agentes compatibilizantes Protack RA-C70 e Orevac CA 100 foi avaliada. Foi observado que com a inserção da farinha de madeira na densidade manteve-se com poucas alterações e o índice de fluidez reduziu proporcionalmente à adição de farinha de madeira. As formulações com 20% de farinha de madeira e menor granulometria apresentaram melhores resultados nas propriedades mecânicas. Porém o uso de compatibilizantes em compósitos com Polipropileno reciclado influenciou negativamente as propriedades mecânicas, inclusive prejudicando o ancoramento entre as fases carga/matriz. Esse efeito negativo foi atribuído à contaminação do Polipropileno reciclado com outras resinas como o Polietileno e Politereftalato de Etileno as quais os compatibilizantes não possuem afinidade.
Description: Documentos apresentados no âmbito do reconhecimento de graus e diplomas estrangeiros
URI: http://hdl.handle.net/10316/94212
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Reconhecimento de graus e diplomas estrangeiros
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Thiago Fernandes Barbosa Rev 7.pdfDissertação3.03 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

66
checked on Aug 3, 2022

Download(s)

70
checked on Aug 3, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.