Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/9943
Title: Contribuição para o estudo de viabilidade de um tomógrafo de longo campo de visão axial baseado em RPC's
Authors: Carvalho, Sara João Botelho de 
Orientador: Ferreira, Nuno Chichorro
Keywords: Câmaras de placas resistivas; Detectores gasosos, RPC; Fotomultiplicadores; Imagiologia médica; Método SSS, single scotter simulatio; PET, efeito de compton
Issue Date: 2008
Citation: Carvalho, Sara João Botelho de - Contribuição para o estudo de viabilidade de um tomógrafo de longo campo de visão axial baseado em RPC's. Coimbra, 2008
Abstract: A Imagiologia Médica tem vindo a desenvolver-se no sentido em que se apresenta como uma ferramenta imprescindível ao diagnóstico. Nesta crescente tomada de importância aparecem técnicas de Medicina Nuclear de que é exemplo a tomografia PET. Em PET a radiação gama, proveniente da aniquilação de um positrão com um electrão, apresenta-se na forma de dois fotões emitidos em direcções diametralmente opostas, permitindo a definição de linhas de resposta onde se encerra a localização de radioactividade. Os tomógrafos PET evoluem no sentido de melhoria da resolução espacial e sensibilidade. A melhoria da resolução espacial para uma mesma relação sinal/ruído requer um grande aumento de sensibilidade. Associado a este aumento de sensibilidade aparece a necessidade de aumentar o campo de visão axial (AFOV – Axial Field of View) do tomógrafo, o que se torna insuportavelmente dispendioso com a tecnologia de cristais de cintilação acoplados a fotomultiplicadores, actualmente existente. No LIP-Coimbra tem-se investido no desenvolvimento da tecnologia PET utilizando detectores diferentes dos anteriores, os RPC’s, que podem ser construídos com maior área a um custo inferior. Com esta tecnologia perspectiva-se a construção de um tomógrafo com um longo AFOV (podendo mesmo cobrir todo o paciente). Os RPC’s têm uma eficiência menor do que os cristais cintiladores, mas essa desvantagem seria largamente compensada com o aumento do AFOV, aliada a outras vantagens, como sendo a possibilidade de TOFPET (Time-of-Flight PET). Um dos principais efeitos físicos que influenciam a aquisição em PET é o efeito Compton. Esta componente é indesejável e constitui uma grande percentagem dos eventos detectados (aumentando com o aumento do AFOV). Se não for adequadamente estimada e corrigida, pode impedir que a qualidade de imagem seja competitiva com a dos tomógrafos comerciais existentes. Este projecto visa corrigir a radiação dispersa por efeito Compton existente num tomógrafo com as características descritas. Os RPC’s não dispõem da possibilidade de medir a energia dos fotões, embora a sua eficiência de detecção varie com a energia. Com esta limitação uma simulação numérica foi implementada, a SSS, Single Scatter Simulation. O SSS é um método que se baseia na hipótese de que por cada coincidência dispersaregistada um único efeito Compton lhe está na origem. Em suma, por par de fotões provenientes da aniquilação, o efeito Compton ocorre uma única vez. Tal consideração permite simplificar consideravelmente a geometria e cálculo da distribuição de radiação dispersa. Efectuou-se a simulação, para validação do método, em meio de atenuação cilíndrico. A simulação da radiação dispersa que se sobrepõe a uma aquisição PET em contexto clínico efectuou-se recorrendo ao uso de um fantoma humano voxelizado, o NCAT. A validação da implementação foi efectuada de modo qualitativo, comparando resultados do método com simulações em Geant4 para o mesmo fantoma. Obteve-se uma concordância razoável de resultados para o método SSS e as simulações em Geant4 que indicam que o método implementado é bastante satisfatório na correcção de radiação dispersa. Uma validação mais aprofundada deverá ser realizada futuramente.
URI: http://hdl.handle.net/10316/9943
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Física - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
correcção da radiação dispersa.pdf2.63 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

373
checked on Aug 11, 2022

Download(s) 20

1,213
checked on Aug 11, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.