Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98515
Title: Resource allocation during COVID-19 pandemic: an ethical approach
Other Titles: Alocação de recursos durante a pandemia por COVID-19: abordagem ética
Authors: Sobral, Ana Margarida Gonçalves Nunes Mendes
Orientador: Rosa, Bárbara Catarina Antunes Santa
Silvestre, Isabel Margarida Figueiredo
Keywords: SARS-CoV-2; Covid-19; Pandemias; Alocação De Recursos; Ética; SARS-CoV-2; Covid-19; Pandemics; Allocation of Resources; Ethics
Issue Date: 15-Mar-2021
Serial title, monograph or event: Resource allocation during COVID-19 pandemic: an ethical approach
Place of publication or event: Faculdade de Medicina, Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A Organização Mundial de Saúde considerou a infeção por COVID-19 como sendo uma pandemia a 11 de março de 2020 e desde aí, têm-se vivenciado consequências dramáticas a nível social, económico e dos sistemas de saúde. Muitos dos pacientes infetados necessitam de suporte ventilatório e hospitalizações prolongadas em unidades de cuidados intensivos. Assim, considerando que o número de pacientes críticos ultrapassa consideravelmente o número de recursos hospitalares disponíveis, os profissionais de saúde depararam-se com decisões difíceis, nomeadamente determinar quais os pacientes que deveriam beneficiar destes recursos escassos. Neste contexto, é fundamental uma reflexão acerca dos critérios orientadores destas decisões, avaliando se são moralmente aceitáveis ou não, de acordo com os princípios éticos.Métodos: Esta revisão da literatura é o resultado de uma pesquisa científica utilizando a base de dados PubMed. Para além disso, foram também consultados livros de texto e guidelines nacionais e internacionais relativas à alocação de recursos e abordagem do paciente no contexto de cuidados intensivos.Resultados: É abordada uma reflexão ética sobre os critérios orientadores nas decisões de alocação, nomeadamente, o uso da idade e fragilidade como critério. Alguns tópicos também foram destacados, por exemplo, o desenvolvimento de diretivas antecipadas de vontade, a importância da introdução precoce dos cuidados paliativos, o papel dos media na comunicação pública de decisões de alocação e a criação de comitês de triagem.Conclusão: É crucial uma reflexão acerca dos princípios orientadores das decisões de alocação, de forma a promover a sua divulgação e discussão ética. Idealmente, estas decisões devem ser estabelecidas e integradas nas políticas institucionais antes de um cenário de crise, de forma a antecipar uma potencial nova emergência de saúde pública e diminuir possíveis consequências trágicas.
Introduction: The World Health Organization declared the COVID-19 infection to be a pandemic on March 11, 2020. Since then, this situation has brought dramatic worldwide consequences affecting social, economic and health systems. Many infected patients require respiratory support and prolonged hospitalization in intensive care units. Therefore, considering that the number of these patients far exceeded the available resources, healthcare professionals had to face challenging decisions related to who should benefit from the limited resources and who should not. In this context, it is of paramount importance that we reflect on some criteria adopted to guide these decisions to determine if they can be considered morally acceptable or not, based on the best ethical standards.Methods: This narrative review is the result of a scientific literature research using the PubMed database. Scientific books, international and national resource allocation and intensive care management guidelines were also consulted.Results: The ethical reflection about criteria adopted to guide decision-making processes,such as the use of age and frailty, was emphasised. Some topics were also highlighted, for instance, the development of advance directives, the importance of an early introduction of palliative care, the role of social media in public communication of allocation decisions and the creation of triage committees.Conclusion: It is crucial to reflect on criteria guiding allocation decisions, to promote their divulgation and ethical discussion. Ideally, these strategies should be established and integrated into institutional policies before a crisis scenario, to anticipate a potential new public health emergency and prevent possible tragic consequences.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98515
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese final MS.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

13
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

21
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons