Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98028
Title: UTU D’OBÔ - Mushroom diversity from São Tomé's island
Other Titles: UTU D’OBÔ - Diversidade de cogumelos da ilha de São Tomé
Authors: Simões, Ana Sofia Bernardes
Orientador: Gonçalves, Maria Teresa
Gonçalves, Susana Cláudia de Freitas Rodrigues
Keywords: São Tomé; Funga; Cogumelos comestíveis; Cogumelos medicinais; Diversidade fúngica; São Tomé; Funga; Edible mushrooms; Medicinal mushooms; Fungal diversity
Issue Date: 9-Dec-2021
Serial title, monograph or event: UTU D’OBÔ - Mushroom diversity from São Tomé's island
Place of publication or event: Ilha de São Tomé, São Tomé e Príncipe
Abstract: São Tomé e Príncipe é arquipélago localizado no Golfo da Guiné, África Ocidental. A ilha de São Tomé é um hotspot de biodiversidade, apresentando elevadas taxas de endemismo. Estas taxas de endemismo são maioritariamente reportadas para plantas vasculares, aves, repteis, anfíbios e organismos marinhos. A diversidade fúngica da ilha de São Tomé tem vindo a ser estudada desde 1851, somando já cerca de 300 espécies de macrofungos reportados até 2019. No entanto, o conhecimento micológico é escasso e disperso, pelo que a necessidade de um estudo aprofundado é premente. O objetivo deste trabalho foi compilar todas as informações acerca da diversidade macrofúngica da ilha de São Tomé e adicionar novas informações obtidas em inventários micológicos in situ. Através de análise bibliográfica e missões de campo, foi possível construir uma lista de espécies de macrofungos e avaliar o seu potencial comestível e medicinal. Foi também possível avaliar a etnomicologia local, que se resume a quatro nomes comuns: Utu, Utu-sandjá, Cloçon-son e Ntuda renda. Tentou-se fazer a correspondência entre estes nomes comuns e os nomes científicos. O conhecimento dos cogumelos comestíveis e medicinais de São Tomé será uma ferramenta extremamente útil para o futuro das populações desta ilha, uma vez que o projeto Tesouros d’Obô pretende utilizar este conhecimento para estabelecer pequenas unidades de produção de cogumelos em comunidades-alvo.Palavras-chave: São Tomé; Fungos; Cogumelos; África; Funga; Micologia; Cogumelos comestíveis; Cogumelos medicinais; África Ocidental; Diversidade fúngica
São Tomé e Príncipe is an archipelago situated on the Gulf of Guinea, West Africa. São Tomé’s island is a biodiversity hotspot, with reported high endemism rates. These endemism rates are mainly reported for vascular plants, birds, reptiles, amphibians, and marine organims. São Tomé’s island’s fungal diversity has been studied since 1851, summing up to around 300 macrofungi species reported until 2019. However, the mycological knowledge is scarce and dispersed, therefore the need for a deeper study is pressing. The objective of this work was to compile all of the information related to the macrofungal diversity of São Tomé’s Island and add new information obtained in in situ mycological inventories. Through the bibliographic analysis and the field missions, it was possible to build a species list and evaluate the edibility and medicinal potential of those species. It was also possible to evaluate the local ethnomycology, that sums up to four common names: Utu, Utu-sandjá, Cloçon-son e Ntuda renda. It was attempted to establish the link between these common names and the respective scientific names. The knowledge of São Tomé’s edible and medicinal mushrooms will be an extremely useful tool for the future of this island’s populations because the Tesouros d’Obô project is aiming to use this knowledge to establish small mushroom production units in the target communities.Keywords: São Tomé; Fungi; Mushrooms; Africa; Funga; Mycology; Edible mushrooms; Medicinal mushrooms; West Africa; Fungal diversity
Description: Dissertação de Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/98028
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação ASBS MBBV.pdf5.33 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

15
checked on May 20, 2022

Download(s)

24
checked on May 20, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons