Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/9708
Title: A problemática dos intangíveis : análise do sector da aviação civil em Portugal
Authors: Lopes, Ilídio Tomás 
Orientador: Rodrigues, Ana Maria Gomes
Keywords: Gestão do conhecimento; Activos intangíveis; Aviação civil, Portugal; Transportes aéreos -- estudo de casos, Portugal
Issue Date: 16-Mar-2009
Abstract: O conhecimento emergiu nas últimas décadas, como a nova fonte do valor empresarial, substituindo alguns dos factores de produção tradicionais. Várias foram as teorias e conceptualizações desenvolvidas em torno desta nova matéria-prima, traduzida pelas mais diversas designações: activos do conhecimento à luz da teoria económica, capital intelectual à luz das teorias de gestão ou simplesmente activos intangíveis numa abordagem contabilística. A agregação das suas múltiplas componentes tem determinado o surgir de diversos modelos que procuram identificar os recursos intangíveis que mais contribuem para o posicionamento estratégico e financeiro de uma organização. A transformação dinâmica daquela nova matéria prima parece constituir a base de vantagens competitivas sólidas, consistentes e sustentáveis. O nosso estudo teve como base o sector da Aviação Civil em Portugal, na actividade específica de transporte aéreo. Através de uma análise exploratória, procurámos identificar a importância atribuída aos intangíveis, os critérios subjacentes ao seu reconhecimento e mensuração e o volume de investimento a eles afecto. A implementação de uma gestão alicerçada no conhecimento, ou seja baseada nos intangíveis, constituiu outro corolário da nossa investigação. Numa primeira fase, caracterizámos a população em estudo tendo por base quatro dimensões fundamentais: características do operador de transporte aéreo, indicadores contabilísticos, indicadores de performance económico-financeira e indicadores de actividade. A segunda parte da investigação teve como metodologia base o inquérito por entrevista directiva a qual abrangeu também quatro partes estruturantes: importância atribuída aos intangíveis, critérios, modelos de reconhecimento e de mensuração adoptados, volume do investimento aplicado em intangíveis e identificação dos obstáculos à adopção de uma gestão baseada no conhecimento. A capitalização dos intangíveis assume nesta actividade uma natureza muito residual, corroborando de conclusões proporcionadas por estudos anteriores que apontavam na imputação dos dispêndios em intangíveis directamente a resultados, em linha com o estipulado pela generalidade dos normativos contabilísticos. A metodologia adoptada na valorização dos intangíveis é fundamentalmente baseada no custo, porém a definição dos períodos de vida útil para os intangíveis capitalizados já toma em consideração, em alguns casos, uma abordagem baseada no rendimento futuro esperado. Os testes estatísticos realizados apontaram para a independência e para a inexistência de diferenças estatisticamente significativas entre as respostas às questões por nós formuladas e a maioria das características dos operadores. As conclusões indiciam igualmente a existência de objectivos e obstáculos de natureza transversal e estrutural, permeáveis a quaisquer sub grupos caracterizadores da população em estudo. A problemática do reconhecimento e mensuração dos intangíveis ainda constitui um verdadeiro terreno inexplorado no sector em análise. Porém, os desafios regulamentares e a volatilidade daquela actividade específica, reclamam cada vez mais a consolidação dos modelos conceptuais com a prática contabilística financeira. Não foram identificados quaisquer modelos de mensuração dos intangíveis, de gestão do conhecimento ou de capital intelectual, utilizados pelos operadores de transporte aéreo em Portugal. Contudo, a transformação dinâmica do conhecimento e a sua monitorização contínua, poderão ser a fonte de vantagens competitivas sustentáveis.
Knowledge has emerged, in the last few decades, as a new resource towards organisational value, replacing some of the traditional production factors. Several theories have arisen and several conceptual frameworks have been developed around this new raw material. It has been translated and applied for the most diverse assignments: in an economic theory context, it has emerged as knowledge assets, as intellectual capital for most management theories and intangible assets from an accounting point of view. The aggregation of their multiple components has determined the appearance of multiple models that put intangibles as the most important key driver towards a strategic and financial level. Its dynamic transformation process is the genesis of a solid, consistent and sustainable competitive advantage. Our research is based on the Portuguese Civil Aviation sector, especially in the area of air transportation activity. Using exploratory analysis, we looked at the importance of the intangibles assets, the identification of the models that support their recognition and measurement, and the historical and prospective investment intensity. The implementation of a knowledge management based strategy constitutes another corollary of our inquiry. Firstly, we have characterized the population under research. Four dimensions were identified to achieve that objective: characteristics of Air Transportation Company, accounting indicators, economic and financial indicators and indicators of their own activity. In the second step, we implemented several structured inquiries in the companies' financial departments as the main methodology. Several objectives support this step: identifying the intangibles importance for the organisation, identifying the related objectives, identifying the financial and accounting criteria and models used in their recognition and measurement. Other objectives are associated to our research: to identify the investment in intangibles, the detractors in their recognition and measurement and also the main threats that support the stage of the knowledge management implementation. The capitalization of the intangible assumes in the air transportation branch a residual nature, corroborating the evidences obtained in several previous studies. Intangibles were expensed in the period and directly integrated in the accounting and financial results. These assertions were aligned with the General Accounting Standards Principles. We have shown that companies have followed a cost based approach in their valuation process but for the capitalized intangibles, an income approach was followed relating their identification of their useful lives. These were achieved based on their claim evidence of future benefits and returns. Statistical approaches have shown that no dependence exists between the results of inquiries and the airlines company's characteristics. Results also show that the objectives and detractors identified have a transversal and structural nature, and are not focussed in a particular group or cluster. The results concerning the intangibles recognition and measurement revealed that we are still at the starting point and that this dimension is still an unexplored field. Thus, the profound changes occurred and the volatile nature of the activity claims for a conceptual models consolidation. In this research, we have concluded that, according literature review, no intangible measurement models, knowledge management models or intellectual capital models were identified in the air transportation sector. However, knowledge management is certainly the source of a sustainable competitive advantage.
Description: Tese de doutoramento em Gestão de Emporesas (Contabilidade) apresentada à Fac. Economia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/9708
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A PROBLEMATÍCA DOS INTANGÍVEIS_ANÁLISE DO SECTOR DA AVIAÇÃO CIVIL EM PORTUGAL.pdf2.59 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

527
checked on Jun 29, 2020

Download(s) 1

11,707
checked on Jun 29, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.