Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94875
Title: Fatores de risco preditores de episódios de Violência Doméstica repetida: Avaliação de risco focalizada nas vítimas
Other Titles: Risk factors predicting episodes of repeated Domestic Violence: Risk assessment focused on victims
Authors: Gonçalves, Daniela Sofia Morais
Orientador: Santos, Clara Maria Rodrigues Cruz Silva
Keywords: Violência Doméstica; Fatores de Risco; Permanência; Abandono; Retorno; Domestic Violence; Risk Factors; Permanence; Abandonment; Return
Issue Date: 23-Mar-2020
Serial title, monograph or event: Fatores de risco preditores de episódios de Violência Doméstica repetida: Avaliação de risco focalizada nas vítimas
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade de Coimbra
Abstract: O número de mulheres vítimas de violência doméstica tem aumentado significativamente, o que tem merecido uma maior atenção dos poderes públicos, nomeadamente ao nível das políticas públicas. O presente estudo pretende contribuir para uma melhor compreensão do fenómeno de violência doméstica, ao nível dos fatores sociais, pessoais e/ou contextuais das vítimas que concorrem para a manutenção, abandono ou retorno das mesmas para uma relação abusiva, após a existência de uma rutura. A importância deste trabalho justifica-se pelo elevado número de femicídios que têm ocorrido nos últimos anos em Portugal, observáveis não só nas primeiras agressões que levam à rutura, mas também quando as vítimas se mantêm na relação abusiva. A investigação foi realizada no INMLCF, I. P., onde se procedeu a uma análise processual das vítimas que recorreram mais que uma vez ao serviço, com o intuito de serem apoiadas e encaminhadas. Deste modo, foram estudadas 67 vítimas, que recorreram duas, três, quatro e cinco vezes ao INMLCF, I. P.. Como fatores de risco preditores de episódios de violência doméstica repetida destacam-se o facto de o agressor residir com a vítima, o grau de parentesco para com a vítima ser o de «cônjuge», os consumos de álcool e estupefacientes por parte dos(as) agressores(as), a saúde física e/ou mental, o acesso a armas de fogo e armas brancas para ameaçar as vítimas, os tipos de violência perpetrados e a decisão da vítima (permanência, abandono e/ou retorno). Entre os influenciadores da permanência na relação abusiva salientam-se dependência emocional, a existência de filhos e a esperança que o agressor mude o seu comportamento. Os principais motivos encontrados como influenciadores do abandono da relação dizem respeito à segurança, existência de filhos e a vítima chegou a um ponto que considera ser de rutura. Relativamente ao retorno ao relacionamento abusivo, este é motivado pela desculpabilização por parte do(a) agressor(a), promessas de mudança e remorsos demonstrados pelo(a) agressor(a).
The number of women victims of domestic violence has increased significantly, which has received greater attention from public authorities, particularly in public policy. The present study aims to contribute to a better understanding of the phenomenon of domestic violence, at the level of social, personal and/or contextual factors of victims who contribute to their maintenance, abandonment or return to an abusive relationship, after the existence of a rupture. The importance of this work is justified by the high number of femicides that have occurred in recent years in Portugal, observable not only in the first aggressions that lead to rupture, but also when victims remain in abusive relationship. The investigation was carried out in INMLCF, I. P., where a procedural analysis of the victims who resorted more than once to the service was carried out, in order to be supported and forwarded. Thus, 67 victims were studied, who used the INMLCF, I. P., two, three, four and five times. As risk factors predicting episodes of repeated domestic violence, we highlight the fact that the aggressor resides with the victim, the degree of kinship towards the victim is that of «spouse», the consumption of alcohol and narcotics by the aggressors, physical and/or mental health, access to firearms and melee weapons to threaten the victims, the types of violence perpetrated and the victim's decision (permanence, abandonment and/or return). Among the influencers of the permanence in the abusive relationship are emotional dependence, the existence of children and the hope that the aggressor will change their behavior. The main reasons found as influencers of the abandonment of the relationship relate to safety, existence of children and the victim reached a point that he considers to be of rupture. Regarding the return to abusive relationship, this is motivated by the apologization by the aggressor, promises of change and remorse shown by the aggressor.
Description: Dissertação de Mestrado em Serviço Social apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94875
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

65
checked on Oct 21, 2021

Download(s)

68
checked on Oct 21, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons