Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93745
Title: O Povoamento Rural Romano entre o Mondego e o Cobral
Other Titles: Roman rural settlement between Mondego and Cobral
Authors: Brito, João Miguel Cid
Orientador: Carvalho, Pedro Jorge Cardoso
Keywords: Povoamento rural romano; Rede viária romana; Oliveira do Hospital; Bobadela; Roman rural settlement; Roman road network; Oliveira do Hospital; Bobadela
Issue Date: 19-Feb-2021
Serial title, monograph or event: O Povoamento Rural Romano entre o Mondego e o Cobral
Place of publication or event: Ervedal da Beira
Abstract: O quadrante norte do concelho de Oliveira do Hospital, entre os rios Mondego e Cobral, é parte integrante do território da civitas de Bobadela e foi definido como o nosso território de estudo. O conhecimento do povoamento rural romano neste território era ainda incipiente, uma vez que, ao longo de décadas, a investigação da arqueologia romana versou mais sobre o núcleo urbano da splendidissima civitas – Bobadela – sendo essa a primeiríssima prioridade da investigação. Embora sempre relacionada com esta, pretendemos neste trabalho ter uma melhor perceção da análise do povoamento rural romano, sem deixar de ter como referência o pré-romano e o da época medieval, no território compreendido entre o Mondego e o Cobral. Para o efeito, centrámos a nossa investigação na identificação de sítios arqueológicos de época romana. A principal forma de fazer essa identificação foi através da prospeção arqueológica de superfície, aliando a outras formas de reconhecimento, como a toponímia, informações orais, documentos medievais e modernos, entre outros, enquanto fontes capazes de auxiliar o planeamento das prospeções no terreno. Todas estas fontes foram parte integrante de uma metodologia que orientou esta nossa dissertação. Após o trabalho de campo sistematizámos os dados numa ficha de inventário, onde identificámos e descrevemos cada sítio arqueológico. Procurámos quer nos inéditos, quer nos revisitados, reunir e sistematizar informações acerca dos mesmos, bem como registar informações orais, que apesar de não ter correspondência ou as vislumbrarmos em campo, fossem sugestivas sob o ponto de vista arqueológico, podendo as mesmas corresponder a dados importantes para a melhor compreensão deste território e do seu povoamento antigo. Ainda que analisando sumariamente os materiais recolhidos em prospeção, ou detendo mais tempo na análise dos materiais exumados no âmbito de anteriores investigações, procurámos também por esta via reunir e acrescentar conhecimento acerca do povoamento antigo identificado nesta parte do território da splendidissima civitas. Frequentemente, são estes os “fósseis diretores” que permitem uma classificação tipológico-cronológica dos sítios arqueológicos, de uma forma mais segura. Finalmente, em termos da rede viária, quer através da epigrafia conhecida e documentada, quer dos percursos lajeados, e ainda tendo como premissa a rede de povoamento romano conhecido e a localização das capitais de civitates, propusemos o trajeto de alguns eixos que ligariam as capitais de civitates, uns já conhecidos, outros por nós pela primeira vez propostos com base numa análise mais detalhada e no terreno.
The northern quadrant of the municipality of Oliveira do Hospital, between the rivers of Mondego and Cobral, is an integral part of the territory of the civitas of Bobadela. The knowledge of the Roman rural settlement in this administrative area was still incipient, since over decades, the investigation of Roman archeology has dealt more with the urban settlement of the capital of the civitas - Bobadela - this being the first priority of this investigation. Continuing with this, we intend to have a better perception of the analysis of pre-Roman settlement until medieval times, in an underlined territory, through the identification of archaeological sites.The main way to make this identification was through surface archaeological exploration, combining other forms of knowledge, such as toponymy, oral information, medieval and modern documents, among others. All these information sources were an integral part of a methodology that guided our dissertation. After the fieldwork, we carried out an inventory sheet, where we generically identified each archaeological site.We looked to both the unpublished and the revisited to leave information about them, as well as data that although we could not see in the field, it can correspond to important knowledge for a better understanding of the territory and its population.Finally, even though our brief analysis of the collected materials in the prospection, and spending more time on the materials previously exhumed, in the scope of previous investigations, we tried to transmit knowledge about the ancient settlement. Often, these are the fossil directors that allow a typological-chronological classification of archaeological sites, in a more secure way.In terms of the road network, either through the well-known and documented epigraphic culture, or through the paved paths, and still with the premise of the known Roman settlement network, we proposed some axes that would link the capitals of civitas, some already known, others firstly proposed by us.
Description: Dissertação de Mestrado em Arqueologia e Território apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93745
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
JoaoBrito_versaofinal.pdf71.64 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

12
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

3
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons