Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93619
Title: Avaliação da perigosidade do solo urbano em cidades de rápida expansão, sem planeamento urbano e com sistemas sanitários deficientes
Other Titles: Assessment of urban soil hazards in fast-growing cities without urban planning and poor sanitation systems
Authors: Luís, Ana Catarina Mendes
Orientador: Silva, Maria Manuela da Vinha Guerreiro da
Carvalho, Paula Cristina Simões de
Keywords: Cidades em rápida expansão; Solos; Urbanização; Contaminação; Riscos para a saúde humana; Fast-growing cities; Soils; Urbanization; Contamination; Human health risks
Issue Date: 22-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Avaliação da perigosidade do solo urbano em cidades de rápida expansão, sem planeamento urbano e com sistemas sanitários deficientes
Place of publication or event: Departamento de Ciências da Terra
Abstract: O objetivo desta dissertação foi avaliar a modificação nas propriedades físico-químicas e na composição química dos solos pelos efeitos da urbanização e avaliar os riscos para a saúde humana em solos urbanos de cidades angolanas (Benguela, Lubango e Humpata) em rápida expansão, com diferentes condições climáticas e substratos geológicos. Os solos urbanos de Benguela e Lubango apresentaram valores de pH e condutividade elétrica mais elevados do que os solos naturais. Nos solos urbanos de Benguela, a média do carbono orgânico foi superior à dos solos naturais e dos solos agrícolas. O cálculo dos fatores de enriquecimento demonstrou que alguns solos de Benguela estavam extremamente enriquecidos em Cd e Pb, os solos de Lubango encontram-se moderadamente enriquecidos em Pb e alguns solos de Humpata possuem enriquecimento significativo em Cd e Pb. Para os solos urbanos, apenas a região de Benguela exibiu índice de carga de poluição superior a 1, o que indicou contaminação dos solos em Cd, Cu, Mn, Mo, Pb, Sb, Sn e Zn. Para os metais Cd, Cu, Pb e Zn nos solos urbanos de Benguela, o índice de risco foi inferior a 1 representando um risco não-cancerígeno insignificante. O risco cancerígeno através de ingestão para o Pb ultrapassou o limite máximo aceitável estabelecido pela USEPA para crianças, mas o Pb é apenas considerado potencialmente cancerígeno. O solo urbano de Benguela encontrava-se poluído em Cd, Cu, Pb e Zn. Estes metais foram adicionados aos solos por atividades antrópicas e os seus teores são controlados pelo tipo de solo e pelo pH. Apesar dos processos de urbanização serem semelhantes nas 3 cidades, os solos urbanos de Benguela apresentaram maior poluição em Cd, Cu, Pb, Sb, Sn e Zn. Tal deve-se às características geográficas, climáticas e geológicas da região de Benguela, que condicionam o tipo de solo.
The objective of this dissertation was to evaluate the changes in physical-chemical properties and chemical composition of soils due to the effects of urbanization and to evaluate the risks to human health in urban soils of the Angolan cities (Benguela, Lubango and Humpata) in rapid expansion, with different climatic conditions and geological substrates. The urban soils of Benguela and Lubango have higher values of pH and electrical conductivity than natural soils. In urban Benguela soils, the average of organic carbon was higher than that of natural soils and agricultural soils. The calculation of the enrichment factors showed that some soils of Benguela were extremely enriched in Cd and Pb, the soils of Lubango are moderately enriched in Pb and some soils of Humpata have significant enrichment in Cd and Pb. For the urban soils, only the Benguela region showed a pollution load index higher than 1, indicating soil contamination in Cd, Cu, Mn, Mo, Pb, Sb, Sn and Zn. The risk index was less than 1 for the Cd, Cu, Pb and Zn in Benguela urban soils, representing an insignificant non-carcinogenic risk. The carcinogenic risk through ingestion for Pb exceeded the acceptable maximum set by the USEPA for children, but Pb is only considered potentially carcinogenic. The urban soil of Benguela was polluted in Cd, Cu, Pb and Zn. These were added to soils by anthropic activities and are controlled by soil type and pH. Although the urbanization processes are similar in the three cities, the urban soils of Benguela presented higher pollution in Cd, Cu, Pb, Sb, Sn and Zn. This is due to the geographic, climatic and geological characteristics of the Benguela region, which condition the soil type.
Description: Dissertação de Mestrado em Geociências apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/93619
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_Ana_Catarina_M_Luís.pdf3.9 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

2
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons