Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92738
Title: Liberdade de expressão nas redes sociais e a sua influência no contrato de trabalho
Other Titles: Freedom of speech on social media and its influence on the employment contract
Authors: Moreira, Marco André Esteves Pinto
Orientador: Amado, João Carlos Conceição Leal
Keywords: Contrato de Trabalho; Redes Sociais; Direitos Fundamentais; Despedimento; Liberdade de Expressão; Employment Contract; Social Networks; Fundamental Rights; Dismissal; Freedom of Speech
Issue Date: 4-Dec-2020
Serial title, monograph or event: Liberdade de expressão nas redes sociais e a sua influência no contrato de trabalho
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A presente dissertação tem como objetivo analisar a influência das redes sociais no contexto laboral, mais especificamente o exercício do direito à liberdade de expressão, por parte do trabalhador, através destas plataformas e a interferência gerada na relação com o empregador. É certo que nem mesmo os direitos fundamentais são absolutos, podendo ser limitados de forma a coexistirem com outros direitos, e nesse sentido após uma contextualização histórica sobre os mesmos, é importante entender qual o limite imposto aos limites. Até onde podemos limitar os direitos fundamentais para que consigamos o duplo objetivo desta limitação: o não esvaziamento de sentido do direito e o seu exercício de forma respeitosa por outros direitos com que entre em colisão. Entendemos que o princípio da proporcionalidade é um elemento norteador nestas situações, e por isso merecedor de estudo. Consecutivamente, o exercício destes direitos na relação laboral importa um exame aprofundado do Contrato Trabalho, instituto gerador de direitos e deveres entre duas partes que apesar de possuírem interesses coincidentes, se encontram numa relação desequilibrada. Desequilíbrio este que deve sempre ser tido em conta quando discorremos sobre o mundo laboral. Finalmente teremos que entender o fenómeno das redes sociais e a forma como o exercício do direito à liberdade de expressão nestas pode influenciar negativamente a relação laboral, resultando em consequências graves para ambas as partes. A possível lesão da honra e imagem do empregador, e o despedimento do trabalhador, como sanção mais penalizadora do nosso ordenamento jurídico, e por isso, apenas utilizada em última instância.Palavras-chave: Contrato de Trabalho, Redes Sociais, Facebook, Despedimento, Poder Diretivo, Poder Fiscalizador, Poder Disciplinar, Liberdade de Expressão, Direitos Fundamentais, Proporcionalidade.
This dissertation aims to analyze the influence of social networks in work context, more specifically the exercise of the right of freedom of speech, by the employee, through these platforms and the interference generated in the relationship with the employer. It is true that not even fundamental rights are a hundred per cent absolute and in order to coexist with other rights it can be limited, and in that sense after a historical contextualization about them, it is important to understand the limit imposed. How far can we limit fundamental rights so that we can achieve double objective of this limitation: the non-emptying of the meaning of the law and its exercise respectfully for other rights with which it collides. We understand that the principle of proportionality is a guiding element in these situations, and therefore worthy of study. Consecutively, the exercise of these rights in the employment relationship thorough examination of the Employment Contract, an institute that generates rights and duties between the two parties that despite having coincident interests, are in a relationship that is unbalanced. This unbalance must always be taken into account when we talk about the working world. Finally, we have to understand the phenomenon of social networks and the way in which exercising the right of freedom of speech in and how it may negatively influence the employee-employer relationship, which can result in serious consequences for both parts. The possibility of injury the honor and image of the employer, or the dismissal of the employee, are the most penalizing in our legal system, and therefore must be only used in the last instance.Keywords: Employment Contract, Social Networks, Facebook, Dismissal, Directive Power, Supervisory Power, Disciplinary Power, Freedom of Speech, Fundamental Rights, Proportionality.
Description: Dissertação de Mestrado em Direito apresentada à Faculdade de Direito
URI: http://hdl.handle.net/10316/92738
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação VF.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

59
checked on Jul 22, 2021

Download(s)

50
checked on Jul 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons