Title: Contribuição para o conhecimento da biopatologia dos diferentes tipos de carcinoma do pulmão
Authors: Carvalho, Lina Maria Rodrigues de 
Keywords: Patologia (Anatomia Patológica)
Issue Date: 1995
Citation: CARVALHO, Lina Maria Rodrigues de - Contribuição para o conhecimento da biopatologia dos diferentes tipos de carcinoma do pulmão. Coimbra, 1995. 295 p.
Abstract: O estudo que efectuámos em 140 neoplasias bronco-pulmonares permitiu-nos conhecer mais aprofundadamente a biopatologia destas neoplasias, nas suas vertentes de diferenciação e de progressão/metastização. Embora não pretenda ser metodologicamente inovador e pouco adiante no sentido da melhoria da sobrevida dos doentes com cancro do pulmão, uma vez que recorremos a material incluído em parafina e a casos em estádios semelhantes de progressão, o nosso estudo forneceu novos conhecimentos e algumas bases indispensáveis à compreensão do comportamento dos diferentes tipos do carcinoma bronco-pulmonar. As classificações morfológicas utilizadas e com mais de dez anos de aplicação são instrumentos actuais para a tipificação e gradação histológica que, com recurso a alguns marcadores e imunohistoquímica, permitem a classificação dos carcinomas bronco-pulmonares, servindo de base para o aprofundamento da previsão do comportamento destas neoplasias. A CK 7 revelou-se no nosso estudo fundamental para caracterizar os adenocarcinomas primitivos do pulmão e, associadamente com o marcador Leu 7, permitiu-nos determinar a presença de diferenciação neuroendócrina, com utilidade para a escolha de terapêutica e previsão da resposta dos doentes. A S-Tn, juntamente com os dois marcadores antes referidos, identifica o grupo dos adenocarcinomas e pode permitir entender como multidireccionais os casos que perdem diferenciação morfológica, adquirindo imunorreacividade para a LP 34. Nos carcinomas epidermóides, é indicador de progressão mais lenta, associada a menor metastização ganglionar. A determinação de alterações de oncogenes e anti-oncogenes deverá passar a ser observada na avaliação das neoplasias do pulmão fornecendo indicações sobre a capacidade de progressão e metastização das mesmas, associadamente a outros parâmetros de tipo estrutural, como sejam a necrose tumoral e o índice de proliferação (Ki 67) que fornecem indicações adicionais sobre o comportamento das neoplasias pulmonares. A determinação do índice de proliferação (Ki 67) é fundamental no grupo dos tumores neuroendócrinos onde permite distinguir com facilidade um carcinóide de um carcinoma neuroendócrino de células pequenas, tendo menor interesse para o estudo dos outros carcinomas neuroendócrinos e para os carcinomas epidermóides e adenocarcinomas. A necrose tumoral é um indicador fiel de associação a metastização ganglionar nos adenocarcinomas e carcinomas epidermóides, mesmo nos grupos bem diferenciados. As alterações do c-erb B2 e o p 53 são facilmente reveláveis nos carcinomas bronco-pulmonares através da imunohistoquímica e são importantes para a compreensão da progressão e metastização dos mesmos, alertando para a capacidade metastática mais rápida nos três tipos histológicos, quando há imunorreactividade para as proteínas respectivas. As mutações do p 53 parecem estabelecer-se como iniciadores do carcinoma epidermóide, a partir do carcinoma epidermóide in situ, aparecendo depois as alterações do c-erb B2 como determinantes para a metastização.
URI: http://hdl.handle.net/10316/925
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.