Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/90514
Title: A Mesa entre os Homens - Comensalidade e Gastronomia nos textos bíblicos, um discurso para os nossos tempos
Authors: Lavrador, José Luís Pimentel
Orientador: Coelho, Maria Helena da Cruz
Dias, Paula Cristina Barata
Keywords: Alimentação; Banquete; Bíblia; Boda; Ceia; Comensalidade; Experiência; Gastronomia Mesa; Turismo; Food; Banquet; Bible; Bode; Supper; Sharing Table; Experience; Gastronomy; Table; Tourism
Issue Date: 13-Mar-2017
Abstract: A partir de uma teorização sobre o acto de comer e a refeição, o estudo analisa a comensalidade real e simbólica nos textos literários bíblicos e apresenta a mesa comum de inspiração bíblica enquanto experiência de gastronomia. Esta mesa pode ser fruída no âmbito do novo turismo, conceito enquadrado num olhar diferenciador, aberto à diversidade, onde cabe também, através de uma gastronomização do sagrado, uma nova forma de olhar a espiritualidade. O acto de comer em comunidade, intrínseco ao homem, constitui-se como um marcador de identidade cultural, histórica e etnológica, ligando os homens entre si, criando e definindo comunidades, valores, crenças que exprimem um modo de representação e de interpretação do natural e do sobrenatural. Assim, a comunicação, todo o sistema de trocas (dádiva, punição) entre os homens e entre estes e os deuses podem exprimir-se em linguagem de comensalidade bem sucedida ou mal sucedida. O princípio da abundância de bens divinos que caem sobre os homens vê-se concretizado na metáfora de uma refeição abundante e farta, verificando-se o seu inverso quando os deuses negam os seus favores aos homens. A refeição é um evento real e simbólico com uma função reparadora e restauradora, que alimenta o homem enquanto ser social. A comensalidade, estudada nos seus diversos níveis (ceia, boda, banquete), pretende situar cada indivíduo num espaço concreto, onde, revelando-se, pode interagir e relacionar-se com as mais diversas finalidades, positivas e negativas. A mesa comum proporciona convivialidade, partilha e o estreitamento de laços, bem como também a afirmação de estatuto e de poder, ocasião em que a mesa se torna lugar de conflito. O estudo apresenta, por fim, uma proposta de aplicabilidade prática em que a gastronomia bíblica é apontada como um produto turístico singular para os nossos dias. As sugestões transformam a análise teórica sobre a comensalidade em experiências reais de fruição gastronómica, indo buscar ao mundo bíblico a inspiração para a sua instalação. Estas sugestões colocam os pratos que se oferecem não só no caminho das substâncias que alimentam o físico como também no das que alimentam o espírito, atendendo a que se trata de uma experiência, que, embora visando destinatários universais, vai ao encontro do público, cada vez mais abundante, que procura o turismo religioso ou o turismo espiritual e experiências de nicho. Finalmente, através da análise da comensalidade e da partilha da alimentação, tais propostas recupera-se o conhecimento de um passado, de textos, de uma cultura e de memórias matriciais, como é, neste caso, a que é proporcionada pela Bíblia enquanto texto fundamental da identidade do homem europeu e ocidental.
From a theorization about the act of eating and the meal, the study analyses the real and symbolic sharing table in the biblical literary texts and presents the usual table of biblical inspiration as an experience of gastronomy. This table can be enjoyed in the ambit of the new tourism, this concept being considered through a differentiating look, opened to the diversity, where you can also consider a new way of viewing the spirituality, through a gastronomic intake of the sacred. The act of eating in community, intrinsic to man, constitutes itself as a marker of cultural, historic and ethnological identity linking men among themselves, creating and defining communities, values, beliefs which express a way of representation and interpretation of the natural and of the supernatural. So, the communication, the whole system of exchanges (gift, punishment) among men and among these and gods can express itself in a well or badly succeed language of the act of sharing table. Consequently, the principle of the abundance of divine goods that are given to men is implemented through the metaphor of an abundant and plentiful meal, the reverse occurring when gods refuse their favors to men. The meal is a real and symbolic event with a healing and restoring function that feeds the man as a social being. The act of sharing the table, studied in its diverse levels (supper, bode, banquet), intends to situate each individual on a specific place, where revealing himself, he can interact and relate with the most diverse purposes, positive and negative. The standard table provides friendliness, sharing and closer ties, as well as affirmation of statute and of power, the occasion when the table becomes a place of conflict. Finally, the study presents a proposal of practical applicability in which biblical gastronomy is pointed out as a singular touristic product for our days. The suggestions transform the theoretical analysis about sharing table in real experiences of gastronomic fruition, bringing from the biblical world the inspiration for its preparation. These suggestions set the courses that are offered not only on the way of the ingredients that feed the body as well as the spirit, taking into consideration that it is an experience which, although for universal addresses, it reaches the public that more and more seeks the religious tourism or the spiritual tourism and experiences of niche. In the end, through the analyzing of the sharing table and sharing food, it is recovered the knowledge of a past, of texts, of a culture and of memories, matrices for , as in this case, the one that is provided by the Bible, as a fundamental text of the identity of the European and the Occidental man.
Description: Tese de doutoramento em Turismo, Lazer e Cultura, ramos de Património e Cultura, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/90514
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A Mesa entre os Homens.pdf7.15 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

15
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

14
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.