Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89740
Title: Adaptação Cultural da Escala ASK-12 para Doentes com Hipertensão Arterial em Portugal
Other Titles: Cultural Adaptation of ASK-12 for Hypertension Patients in Portugal
Authors: Afonso, Ricardo José Cardoso
Orientador: Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Keywords: Hipertensão; Cooperação e Adesão ao Tratamento; Estudos de Validação; ASK-12; MMAS-4; Hypertension; Treatment Adherence and Compliance; Validation Studies; ASK-12; MMAS-4
Issue Date: 21-Jan-2019
Serial title, monograph or event: Adaptação Cultural da Escala ASK-12 para Doentes com Hipertensão Arterial em Portugal
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A ASK-12 é uma escala previamente validada em inglês e capaz de medir comportamentos relacionados com a toma de medicamentos e barreiras à adesão.Objetivo: Tradução e adaptação cultural da ASK-12 para Português Europeu bem como sua aplicação para validação concorrente e simultânea com a escala MMAS-4.Métodos: Inicialmente realizou-se um processo de tradução, verificação linguística e retro-tradução e para Português Europeu. Seguidamente foram recrutados doentes com Hipertensão Arterial e necessidade de medicação, em 4 Centros de Saúde da Região Centro. O protocolo de recolha realizou-se antes da consulta e incluiu aplicação das escalas ASK-12 e MMAS-4 bem como aquisição de informações de contexto, auto-perceção de ter a pressão arterial controlada e registo dos 2 últimos valores de pressão arterial. Foi realizada estatística descritiva e inferencial, nomeadamente correlacional, segundo a normalidade dos dados.Resultados: Participaram um total de 121 doentes (51,2% do sexo feminino, 67,8% com mais de 65 anos). A ASK-12 apresentou um alfa de Cronbach de 0,725 e as suas 3 subescalas (Esquecimento/Inconveniência, Crenças na Saúde, Comportamentos Relacionados com a Adesão à Terapêutica) obtiveram entre 0,557 – 0,761 demonstrando uma boa consistência interna. A sua validade convergente ficou demonstrada pela forte correlação com a MMAS-4 (ρ -0,523; p<0,001) e com o controlo da pressão arterial pelos valores registados (ρ 0,363; p=0,001).Conclusões: A ASK-12 revelou-se uma escala válida e fiável para medir a não adesão à terapêutica em doentes com hipertensão em Portugal. Confirmou-se ainda uma boa correlação entre esta e o controlo da tensão arterial.
Background: ASK-12 is a measure, validated in English, able to assess barriers to medication adherence and adherence-related behaviors.Objective: To undergo translation and cultural adaptation of ASK-12 to European Portuguese, as well as, its application and concurrent and simultaneous validation with MMAS-4.Methods: Initially we underwent a translation, cognitive debriefing and retro-translation process to European Portuguese. Later, patients, with hypertension in need of medication control, were recruited in 4 primary care units in the central region of Portugal. The data acquisition occurred prior to medical consultation and included application of ASK-12 and MMAS-4, retrieving context information (gender, age, literacy), a question about patient perception of having its hypertension under control and the registry of the last 2 blood pressure values. Descriptive and inferential statistics, after checking the normality of the data, was performed.Results: A total of 121 patients participated (51.2% female; 67.8% with or over 65 years). ASK-12 presented a Cronbach’s alpha of 0.725 and its subscales (Forgetfulness/Inconvenience, Health Beliefs and Adherence-Related Behaviors) attained between 0.557 to 0.761, showing a good internal consistency. Its convergent validity was demonstrated by a strong correlation with MMAS-4 (ρ -0.523; p<0.001) and the arterial hypertension control evaluated by patient blood pressure values (ρ 0.363; p=0.001).Conclusions: ASK-12 proved to be a reliable scale to measure therapeutic non-adherence in Portuguese patients suffering from arterial hypertension. It was also confirmed the presence of a strong correlation between this scale and the control of hypertension values.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89740
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final Ricardo afonso.pdf1.64 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

5
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

5
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons