Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/87782
Title: As condições genéticas e as Ciências Sociais e Humanas em saúde: contributos para um debate
Other Titles: Genetic conditions and the Social and Human Cciences of health: contributions to the debate
Authors: Barbosa, Rogério Lima 
Barsaglini, Reni
Kelly, Susan 
Issue Date: 26-Sep-2019
Publisher: ABRASCO
Serial title, monograph or event: Ciência & Saúde Coletiva
Volume: 24
Issue: 10
Place of publication or event: Rio de Janeiro
Abstract: Nas últimas décadas as publicações em torno das chamadas “doenças raras”, dentro das Ciências Sociais e Humanas, vêm aumentando gradualmente. No entanto, poucos são os trabalhos que voltam a atenção para as pessoas que diretamente convivem, sentem e interpretam a sua própria condição com respectivas repercussões. O cuidado, centrado nas ações de pais/mães ou institucionalizado em associações civis, coloca a pessoa com o diagnóstico como um indivíduo necessitado de ajuda e dependente das ações de outrem. As consequências dessa perspectiva encobrem a dimensão subjetiva, intersubjetiva e organizativa daqueles/as que vivem cotidianamente os sintomas da condição e resistem ao imperativo da normalidade. O resultado é a (re)produção de um discurso impregnado pela visão caritativa e do sofrimento contínuo, que condena a pessoa com o diagnóstico à doença e à incapacidade de lutar por seus direitos, o qual é posto pelo ventriloquismo em que se fala pelo Outro. Por outro lado, ao olharmos para o campo das “doenças raras” vemos que a sua vinculação às “doenças” genéticas, faz com que pais/mães envidem esforços em torno da elucidação da cura pela consertação da cadeia genética – fato, em certa medida, estimulado pela divulgação das tecnologias diagnósticas existentes ávidas por mercados. Essa busca gera uma discrepância dentro do campo das doenças raras, onde a prioridade das ações termina por ser direcionada àquelas que fazem parte dos 3% das condições genéticas que já possuem tratamento medicamentoso, encobrindo/invisibilizando/ofuscando/sobrepujando as necessidades diversas e diárias daqueles que, mesmo com o diagnóstico e sintomas, se enxergam como pessoas ativas e não doentes. Essa diferença produz lacunas que somente serão preenchidas a partir de uma visão multi e interdisciplinar atenta à relação entre o conceito biomédico e a concepção sociocultural de doença e o contexto no qual transcorrem. Neste sentido, a “doença” determinada pelo gene coloca em cheque o próprio entendimento sobre o processo saúde-doença, o diagnóstico, o cuidado ampliado e equânime, bem como a construção histórica, política e social envolvida nestes elementos. Neste cenário, a proposta do presente número temático tem como objetivo agrupar contributos de diferentes pesquisadores/as sobre as condições genéticas em uma perspectiva dos estudos da deficiência e/ou a pesquisa qualitativa. Os/as autores/as provém de diferentes regiões e instituições internacionais e nacionais contribuindo com textos de natureza teórica, metodológica e empírica sobre a temática. A linha estrutural dos trabalhos assenta-se sobre a perspectiva da pessoa com o diagnóstico de uma condição genética e tensionam refletir sobre o entendimento de “doença”, seu impacto e os efeitos nas experiências e na organização da própria vida. Também, não deixam de considerar a perspectiva daqueles/as que vivenciam e agem (individual ou coletivamente) diante das repercussões da “doença”, seja no plano pessoal, familiar, profissional, organizacional/associativo e institucional com os diversos modos de cuidado envolvidos. Desta maneira, o número temático pode contribuir, ainda, para alargar os debates sobre as condições genéticas e somar esforços para a conquista de direitos e reconhecimento da pessoa, e não do medicamento, como o epicentro de qualquer ação no campo das “doenças raras”.
URI: http://hdl.handle.net/10316/87782
ISSN: 1678-4561
1413-8123
DOI: 31576990
10.1590/1413-812320182410.08092019
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
As condicoes geneticas e as Ciencias Sociais e Humanas em saude.pdf56.2 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

107
checked on Sep 28, 2020

Download(s)

58
checked on Sep 28, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons