Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/87636
Title: A Ciência que antecede a Univerisdade: Atividades Científicas realizadas por Luso-Brasileiros até a Independência do Brasil
Authors: Elias, Simone Santana Rodrigues
Orientador: Martins, Décio Ruivo
Moreira, Ildeu de Castro
Keywords: História das Ciências; Ensino de Ciências; Educação Científica
Issue Date: 21-Apr-2019
Abstract: Muito se fala sobre a ciência tardia no Brasil, em função da vinculação natural da prática científica ao ambiente acadêmico. Porém, tal visão pode ser bastante controversa, se considerarmos que, embora a primeira universidade brasileira tenha sido criada somente no século XX, uma competência nacional emergia lentamente na América Portuguesa, desde o século XVI. Tornando-se apta a desenvolver atividades com níveis crescentes de complexidade, numa Colônia desprovida de universidade ou mesmo de instituições de nível superior, que surgiram somente no século XIX. Tal possibilidade, suscitou a hipótese que norteou o presente trabalho, de que existiu no Brasil em diferentes tempos históricos, atividades técnicas e científicas realizadas por luso-brasileiros, através de ações individuais e não institucionalizadas, porém, dedicadas à produção de alternativas econômicas, durante todo o período de dominação portuguesa. Partimos em busca da compreensão da História das Ciências desta sociedade brasílica multirracial, que lentamente adquiria uma inteligência própria, isolada geograficamente dos padrões intelectuais europeus, religiosamente doutrinada para manutenção do sistema colonial, desprovida de modelos sociais semelhantes que a pudesse inspirar, fadada à falta de ensino e à ausência de comunicação que reduzisse as distâncias nesta Colônia, que aos poucos assumia dimensões continentais. Nosso objetivo é mapear a relevância destes grandes cidadãos nascidos no Brasil e suas acanhadas histórias científicas, realizadas numa nação estigmatizada, mas em busca constante de uma competência nacional.
Much has been said about late science in Brazil due to scientific practice and academic environment natural linkage. However, such a view can be quite controversial if we consider that the first Brazilian University was created only in the twentieth century. A national competence was slowly emerging in Portuguese America since the 16th century becoming able to develop activities with increasingly complexity levels. That was in a colony with lack of university or even of superior level institutions, which arose only in century XIX. This possibility led to the present work hypothesis, that existed in Brazil, in different historical times, technical and scientific activities carried out by Luso-Brazilians through individual and non-institutionalized actions but dedicated to the production of economic alternatives during the Portuguese domination period. We set out to understand the sciences history of this multiracial Brazilian society, which slowly acquired its own intelligence, geographically isolated from European intellectual standards. It was religiously indoctrinated for the colonial system maintenance, devoid of similar social models that could inspire it. It was also doomed to the lack of communication that would reduce distances in this colony, which gradually assumed continental dimensions. Our objective is to map the relevance of these great citizens born in Brazil and their narrow scientific histories realized in a stigmatized nation, but in constant national competence quest.
Description: Tese de Doutoramento em História das Ciências e Educação Científica em regime de cotutela, entre a Universidade de Aveiro e a Universidade de Coimbra, apresentada ao Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/87636
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Teses de Doutoramento
IIIUC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A Ciência que antecede a Univerisdade.pdf8.46 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

160
checked on Oct 21, 2021

Download(s)

428
checked on Oct 21, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.