Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85571
Title: Estudo comparativo da Violência entre Parceiros Íntimos e Resolução de Conflitos entre estudantes do ensino superior das áreas de Ciências Sociais, Saúde e Engenharias
Other Titles: Comparative study of Intimate Partner Violence and Conflict Resolution among higher education students in the areas of Social Sciences, Health and Engineering
Authors: Vale, Ana Isabel Pinto do 
Orientador: Carvalho, Maria Madalena Santos Torres Veiga
Keywords: Representações Sociais; Violência entre Parceiros Íntimos; estudantes do Ensino Superior; área de curso superior; Social Representations; Violence among Intimate Partners; higher education students; area of higher education
Issue Date: 26-Jul-2018
Serial title, monograph or event: Estudo comparativo da Violência entre Parceiros Íntimos e Resolução de Conflitos entre estudantes do ensino superior das áreas de Ciências Sociais, Saúde e Engenharias
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: The present research aims to identify the social representations of intimate partner violence in a sample of Portuguese students from the fields of Social Sciences, Health and Engineering. The research protocol was supplemented by 860 participants, completing a Sociodemographic and Complementary Data Questionnaire, the Revised Conflict Tactical Scales (The Revised Conflict Tactics Scales - CTS2, Alexandra & Figueiredo, 2006), the Conjugal Violence Questionnaire – Stories (QRVC-HIS, Alarcão, Alberto, Camelo, & Correia, 2007) and the Conjugal Violence Questionnaire - Causes, Maintenance and Resolution (QVC-CMR, Alarcão, Alberto, Camelo, & Correia, 2007). The social representations, some differences were found that could be related to the thematic difference of the courses under study. We also found a greater legitimacy of violent acts when it was a case of violence from the female element to the male element.The problem of IPV has been growing in recent years, a social issue that is increasingly relevant, considering that it is unacceptable to perpetrate some kind of violence on the one with whom we share intimate life, being much more than a gender issue, but above all, a matter of human dignity.This paper intends to compare the conflict resolution strategies used by higher education students in the areas of Social Sciences, Health and Engineering and also to understand their social representations about IPV.One important limitation to our work is the lack of research in this area, in which we intend to compare the different areas of higher study in the influence of social representations on IPV, which limits us in comparison with the work of other authors.Another limitation is related to gender disparity, since most of our respondents are female. Thus, it would be interesting to carry out a more robust future study with regard to the significance of the sample in relation to the sex variable.
A presente investigação tem como objetivo global identificar as representações sociais da violência entre parceiros íntimos numa amostra de estudantes portugueses de cursos das áreas de Ciências Sociais, Saúde e Engenharias. O protocolo de investigação foi completado por 860 participantes, preenchendo um Questionário Sociodemográfico e de Dados Complementares, as Escalas de Táticas de Conflito Revisadas (The Revised Conflict Tactics Scales - CTS2, Alexandra & Figueiredo, 2006), o Questionário de Violência Conjugal – Histórias (QRVC-HIS, Alarcão, Alberto, Camelo, & Correia, 2007) e o Questionário de Violência Conjugal – Causas, Manutenção e Resolução (QVC-CMR, Alarcão, Alberto, Camelo, & Correia, 2007). Relativamente às representações sociais, foram encontradas algumas diferenças que poderão estar relacionadas com a diferença temática dos cursos em estudo. Também encontrámos uma maior legitimação de atos violentos face à violência do elemento feminino sobre o elemento masculino.O problema da VPI tem vindo a crescer nos últimos anos, sendo uma questão social cada vez mais relevante, considerando-se inaceitável que se perpetue algum tipo de violência sobre aquele com quem partilhamos vida íntima, sendo muito mais do que uma questão de género, mas acima de tudo, uma questão de dignidade humana.Este trabalho pretendeu fazer a comparação entre as estratégias de resolução de conflitos utilizadas por estudantes do ensino superior das áreas de Ciências Sociais, Saúde e Engenharias e também compreender as suas representações sociais acerca da VPI.Há que referir uma importante limitação ao nosso trabalho: a inexistência de investigação nesta área, em que se pretende comparar as diferentes áreas de estudo superior na influência das representações sociais sobre a VPI, o que nos limita na comparação com o trabalho de outros autores.Outra limitação relaciona-se com a disparidade nos efetivos dos sexos, pois a maioria dos nossos respondentes é do sexo feminino. Assim, seria interessante realizar um futuro estudo mais sólido no que diz respeito à significância da amostra relativamente à variável sexo.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/85571
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese CORRIGIDA Ana Vale.pdf725.83 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

278
checked on Jul 9, 2020

Download(s)

274
checked on Jul 9, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons