Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83674
Title: Doenças Infeciosas Mais Preponderantes na Comunidade: O Papel do Farmacêutico
Other Titles: Most Preponderant Community- Acquired Infectious Diseases: The Role of the Pharmaceutical
Authors: Santos, Maria Cruz Ferreira e Sousa 
Orientador: Cardoso, Olga Maria Antunes Rodrigues Carvalho
Keywords: Doenças infeciosas adquiridas na comunidade; Doenças infeciosas do trato respiratório; Doenças infeciosas do trato urinário; Doenças infeciosas do trato gastrointestinal; Papel do farmacêutico; Community-acquired infections; Respiratory tract infections; Urinary tract infections; Gastrointestinal tract infections; The role of the pharmaceutical.
Issue Date: 21-Jul-2017
Serial title, monograph or event: Doenças Infeciosas Mais Preponderantes na Comunidade: O Papel do Farmacêutico
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
Abstract: As infeções adquiridas na comunidade têm vindo a preocupar cada vez mais muitos profissionais de saúde. Atualmente, uma grande parte dos doentes que dão entrada nas urgências apresentam sintomas de doença infeciosa, principalmente ao nível dos tratos respiratório, urinário ou gastrointestinal. A maioria do tratamento destes doentes é feito com base na antibioterapia, resolvendo-se geralmente a infeção de forma favorável. O problema está no facto de muitas das vezes os sintomas apresentados serem demasiado genéricos e facilmente confundidos com outras patologias. Por esta razão, tem-se vindo a verificar um uso exagerado e, muitas vezes desnecessário, de antibióticos, dando origem a problemas de saúde pública cada vez mais emergentes, como as resistências a algumas classes deste grupo farmacológico. Para além desta perda de eficácia, o uso de antibióticos pode, muitas das vezes, estar contraindicado, chegando mesmo a agravar a situação clínica do doente quando administrado. É de extrema importância consciencializar a população para apenas recorrer à toma destes fármacos após ter sido submetida a uma avaliação por parte de um profissional de saúde apto. Na farmácia comunitária, o farmacêutico deve promover o uso correto dos antibióticos, incentivando o doente a cumprir com a duração do tratamento e os intervalos entre tomas indicados pelo médico.A toma de antibióticos deve, então, ser guardada para situações em que há mesmo necessidade de recorrer à sua ação, tendo o farmacêutico, enquanto primeira e última linha de contacto com o doente, um papel preponderante na prevenção de muitas infeções evitáveis.
Community-acquired Infections have been worrying health professionals more and more. Nowadays a huge part of patients who entry emergency room shows symptoms of infectious disease, mainly those related with respiratory, urinary or gastrointestinal tract.A great part of these patients’ treatment is executed based on antibiotic therapy, which solves the infection in a favorable way. The problem is, in the fact, that most of the times, symptoms presented are too generic and easily mistaken with other pathologies. For these reasons, there has been an overuse and, most of the times, unnecessary use of antibiotics, which gives origin to more and more emergent public health problems such as the resistance to some classes of this pharmacological group. Besides this loss of efficiency, the use of antibiotics may be contraindicated, leading to the worsening of the patient’s clinic situation when it is used this way.It is rather important to raise awareness in the population to only resort to the use of this kind of drug after being evaluated by a health professional. In the community chemist’s, the pharmaceutical must promote the correct use of antibiotics, encouraging the patient to accomplish both the length of the treatment and the intervals between the “intakes” indicated by the doctor.The use of antibiotics must be preserved for situations where there is real need to resort to its action, this way the pharmaceutical has a preponderant role in the prevention of many avoidable diseases as he is the first and last contact line with the patient.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83674
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Maria Ferreira Final sbs.pdf1.93 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

401
checked on Jul 9, 2020

Download(s) 50

358
checked on Jul 9, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons