Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81376
Title: Tratamento e prevenção da rotura de varizes esofágicas
Authors: Cardoso, Maria Alexandra Colaço 
Orientador: Figueiredo, Pedro Manuel Narra de
Keywords: Gastrenterologia; Varizes esofágicas e gástricas; Terapêutica; Prevenção de doenças
Issue Date: Mar-2011
Abstract: A rotura de Varizes Esofágicas é uma complicação séria e frequente decorrente da Hipertensão Portal, sendo responsável por 1/3 a 1/5 da mortalidade global em doentes cirróticos. O desenvolvimento das varizes não ocorre, regra geral, até que o gradiente de pressão venosa hepática atinja 10-12 mmHg, sabendo-se que uma diminuição por mais de 20% dos valores basais ou para menos de 12 mmHg, diminui o risco de hemorragia. A esofagogastroduodenoscopia é o exame de eleição para o rastreio e diagnóstico de varizes esofágicas e sua rotura, permitindo também a realização de procedimentos terapêuticos. Actualmente, o tratamento e prevenção da rotura de varizes esofágicas baseia-se na utilização de fármacos que diminuem a pressão portal, juntamente com procedimentos endoscópicos, sendo a laqueação elástica o mais utilizado. A realização de “shunts”, cirúrgicos ou não, e o tamponamento por balão, estão reservados para casos mais graves em que o tratamento inicial falha. Não menos importante é a ressuscitação inicial, com correcção da hipovolémia e prevenção de infecções bacterianas. Muitos avanços têm sido realizados nesta área, mas mais investigação será necessária, no sentido de evitar o desfecho fatal que ainda ocorre num elevado número de doentes
Esophageal variceal bleeding is a common and serious complication of Portal Hypertension, being responsible for 1/3 to 1/5 of global mortality in cirrhotic patients. Usually, varices do not develop under a hepatic venous pressure gradient of 10-12 mmHg and it is known that a decrease by more than 20% of baseline levels, or to 12 mmHg or less, significantly reduces the bleeding risk. Esophagogastroduodenoscopy is the goldstandard method for screening and diagnose esophageal varices or esophageal variceal bleeding, also allowing therapeutic measures. Nowadays, treatment and prevention of variceal bleeding relies in the administration of drugs that reduce portal pressure, combined with endoscopic procedures, mainly endoscopic band ligation. Surgical shunts, non surgical shunts and ballon tamponade, are reserved for patients who fail initial treatment. Not less important, is the initial resuscitation with blood volume replacement and bacterial infections prevention. In spite of the great advances achieved in this context, further research will be necessary to avoid the fatal outcome that still occurs in an elevated number of patients
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Gastrenterologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/81376
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Rotura de Varizes Esofágicas.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

114
checked on Jul 2, 2020

Download(s)

281
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.