Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48475
Title: Avaliação da perceção global da população acerca do medicamento individualizado
Authors: Rodrigues, Jorge Miguel Santos
Orientador: Silva, Maria Manuel
Keywords: Indústria farmacêutica; Manipulação de medicamentos; Questionários
Issue Date: Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Desde o estabelecimento da profissão de farmacêutico que este é tido como o agente de referência na preparação e dispensa do medicamento. Apesar da revolução na indústria farmacêutica ter retirado grande parte da componente de fabrico do medicamento em si da competência das farmácias oficinais, temos assistido a um ressurgimento da arte de preparação, em pequena ou média escala, de medicamentos manipulados, com o propósito de proporcionarem uma terapia mais adequado a doentes individuais, que de outra forma não estaria disponível no mercado. Pretende este projeto aferir qual a perceção que a população portuguesa, em particular os clientes da Farmácia Lusitana de Vila do Conde, têm acerca das mais-valias proporcionadas por este tipo de medicamentos, quais são as vias que os levam a entrar em contacto com estes e para que finalidade terapêutica os procuram, bem como traçar um padrão comparativo entre medicamentos individualizados e medicamentos industrializados. A metodologia utilizada foi o preenchimento de um questionário como instrumento de recolha de dados de uma amostra representativa da população constituída pelos clientes maiores de idade da Farmácia Lusitana, ao longo dos meses de maio e junho. A informação foi posteriormente tratada estatisticamente e os resultados apresentados sob as formas de tabelas e de gráficos, sendo no final discutido o seu significado e elaboradas algumas conclusões e sugestões acerca da matéria, traçando as possíveis comparações com outros estudos semelhantes.
Since the establishment of the pharmacist as a profession that it has been regarded as the reference as far as the preparation and dispensing of medicines go. Even though the revolution in the pharmaceutical industry has removed much of the medicine preparation component from the officinal pharmacies, we have been witnessing a resurfacing of the art of compounding, in small and medium scale, with the purpose of providing a more adequate therapy to individual patients. That wouldn´t otherwise be available in the market. This project aims to measure the perception of the Portuguese population, in particular the clientele of Farmácia Lusitana from Vila do Conde, about the values granted by this kind of medicines, what are the ways that take them to have contact with these and to what therapeutical purpose they are procured, as well as to draw a comparative pattern between individualized medicines and industrialized ones. The method used was the filling of a survey as an instrument of data collection from a representative sample of the population made up by the non-minor clients of Farmácia Lusitana, between the months of May and June. The information was posteriorly statistically treated and the results were presented in the forms of graphics and tables, being its meaning discussed in the end and some conclusions and suggestion elaborated about the subject, lining up the possible likenesses with other studies reviewed.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/48475
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Jorge Rodrigues.pdf2.18 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

382
checked on Sep 10, 2021

Download(s)

90
checked on Sep 10, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.