Title: A avaliação da qualidade da intervenção formativa do programa Gerar Percursos Sociais à luz do modelo multinível de avaliação de Kirkpatrick
Authors: Santos, Laura 
Pinheiro, Maria do Rosário 
Santos, Sónia 
Keywords: Modelo Multinível de Avaliação de Kirkpatrick;Gerar Percursos Sociais;Acolhimento Residencial;Regulação Emocional;Jovens em perigo
Issue Date: Dec-2016
Project: Projet'Ar-te, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian no âmbito do Programa Gulbenkian de Desenvolvimento Humano "Crianças e Jovens em Risco" 
Abstract: O Projet’Ar-te, programa de intervenção psicossocial e socioeducativa, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (Programa Crianças e Jovens em Risco, Jovens em Acolhimento Institucional, (2012-2015), foi aplicado na Casa do Canto APDMF-CrescerSer, destinado a jovens em perigo. Tem como finalidade promover a autonomia das jovens, durante e após o acolhimento residencial, através da aplicação do Programa de Desenvolvimento de Competências para a Vida. Esta intervenção foca-se inicialmente na promoção da regulação emocional, com a aplicação do Gerar Percursos Sociais/GPS, programa de grupo estruturado que pretende aumentar a estabilidade emocional e promover a inserção social. Participaram neste programa 15 jovens, com uma média de 15 anos de idade (DP=1). A estratégia avaliativa da qualidade da intervenção formativa operacionalizou-se através de grelhas de observação de comportamento e desempenho preenchidas no final de cada sessão, uma ficha de avaliação da aprendizagem e mudança comportamental e um questionário de satisfação preenchido no final de cada um dos 5 módulos do programa. A leitura dos resultados, no âmbito do Modelo Multinível de Avaliação (Kirkpatrick & Kirkpatrick, 2005), revela ao nível da reação, um nível de satisfação elevado. Ao nível das aprendizagens e dos comportamentos de transferência de aprendizagem, verificou-se um aumento dos indicadores com o desenrolar da intervenção e um ligeiro e progressivo aumento das médias do indicador de flexibilidade cognitiva (objetivo da intervenção). Os resultados permitem concluir que a intervenção contribuiu para que as jovens adquirissem novas aprendizagens no domínio da regulação emocional e que as aplicassem noutros contextos de vida, adotando uma perspetiva mais flexível.
URI: http://hdl.handle.net/10316/46954
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CINEICC - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
XIII_SPCE_2016_atas.pdf44.17 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.