Title: BODY IMAGE AND QUALITY OF LIFE IN PEDIATRIC OBESITY
Authors: Gouveia, Maria João 
Frontini, Roberta 
Canavarro, Maria Cristina 
Moreira, Helena 
Keywords: Insatisfação com a imagem corporal;Qualidade de vida;obesidade pediátrica
Issue Date: 2016
Project: Bolsa de Doutoramento SFRH/BD/102722/2014 
Abstract: Muitos estudos têm mostrado que as crianças e adolescentes com obesidade apresentam pior qualidade de vida (QdV) e maior insatisfação com a imagem corporal, comparativamente a crianças e adolescentes de peso saudável. Contudo, até ao momento, não é conhecido o papel da imagem corporal no ajustamento psicossocial destes jovens, nem são bem compreendidas as especificidades desenvolvimentais e de género. Deste modo, o presente estudo pretende comparar a QdV e a insatisfação com a imagem corporal de rapazes e raparigas, crianças e adolescentes, com peso saudável e com obesidade. Adicionalmente, pretende analisar se a relação entre o peso e a QdV é mediada pela insatisfação com a imagem corporal e moderada pelo género das crianças e adolescentes. A amostra contém 155 crianças e adolescentes com peso saudável e 207 crianças e adolescentes com obesidade, entre os 8 e os 18 anos de idade. Os participantes preencheram o KIDSCREEN-10 e a Escala de Silhuetas de Collins. As crianças e adolescentes com obesidade apresentaram pior QdV e maior insatisfação com a imagem corporal, comparativamente a crianças e adolescentes de peso saudável. Adicionalmente, observou-se que as raparigas reportam pior QdV e estão mais insatisfeitas com o seu corpo do que os rapazes. Verificou-se também que a insatisfação com a imagem corporal mediou a relação entre o peso e a QdV, mas apenas no grupo de adolescentes. As crianças e adolescentes com obesidade tendem a apresentar pior QdV e a estarem mais insatisfeitas com a sua imagem corporal. A satisfação com a imagem corporal demonstrou ser um importante mecanismo explicativo da relação entre o peso e a QdV, tornando-se um alvo de intervenção relevante, especialmente em adolescentes. Importância deve ser dada à prevenção e intervenção psicológica precoce em equipas multidisciplinares capazes de detetar e intervir eficazmente nos problemas psicossociais das crianças e adolescentes com obesidade.
URI: http://hdl.handle.net/10316/46797
ISSN: 2182-8407
DOI: 10.15309/16psd170108
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CINEICC - Artigos em Revistas Nacionais

Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.