Title: Maternidade e HIV: revisão da literatura brasileira (2000-2014)
Authors: Levandowski, Daniela Centenaro 
Canavarro, Maria Cristina 
Pereira, Marco 
Maia, Gabriela Nunes 
Schuck, Lara Monteiro 
Sanches, Isabela Rodrigues 
Keywords: Brasil;Maternidade;HIV
Issue Date: 2017
Citation: Levandowski, D. C., Canavarro, M. C., Pereira, M., Maia, G. N., Schuck, L. M., & Sanches, I. R. (2017). Maternidade e HIV: Revisão da literatura Brasileira (2000-2014). Arquivos Brasileiros de Psicologia, 69(2), 34-51.
Abstract: A vivência da maternidade exige uma reorganização psíquica e social que, somada à presença do HIV, pode acarretar uma sobrecarga emocional. Este estudo objetiva retratar a vivência da maternidade na vigência do HIV, por meio de uma revisão de estudos empíricos brasileiros publicados entre 2000 e 2014. Com base na análise de nove estudos, foram identificadas vivências típicas da transição para a maternidade, como preocupações com a saúde do bebê e satisfação com o papel materno, assim como vivências específicas impostas pelo HIV, particularmente frustração diante da não amamentação e ansiedade frente ao diagnóstico e ao tratamento antirretroviral do bebê. Sugere-se que futuros estudos sejam feitos com diferentes perfis de mães que vivem com HIV (por exemplo, de diferentes idades, níveis socioeconômicos, configurações familiares e paridade), bem como sobre a relação conjugal e o exercício da paternidade, temas ainda pouco explorados na literatura. Também estudos com desenho longitudinal são necessários para ampliar a compreensão da vivência da maternidade nesse contexto.
Motherhood requires psychological and social reorganizations, which coexisting with a medical condition, such as HIV infection, may add an emotional burden. This study aims to describe the experience of motherhood in the context of HIV infection, through a literature review focused on Brazilian studies published between 2000 and 2014. Based on the analysis of the nine studies, typical experiences of the transition to motherhood were identified, such as concerns with baby's health and satisfaction with maternal role; additionally, particular experiences imposed by HIV, such as frustration of not breastfeeding and anxiety regarding the baby's diagnosis and antiretroviral treatment were also identified. Future studies should focus on different profiles of mothers with HIV (e.g., different ages, socioeconomic levels, family configurations and parity), and on couple's relationship and fathers' experience, themes scarcely explored by literature. Also, studies with longitudinal design are necessary to expand the understanding of the experience of motherhood in this context.
URI: http://hdl.handle.net/10316/46049
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017 Maternidade e HIV Revisão da literatura brasileira 2000-2014.pdf409.76 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.