Title: Arquitectura em metamorfose : as adaptações do dormitório novo do Mosteiro de Celas
Authors: Vaz, Joana Carolina de Andrade Antão Fernandes 
Keywords: Arquitectura hospitalar;Dormitório novo do Mosteiro de Celas;Mosteiro de Celas;Sanatório de Celas
Issue Date: Jul-2016
Abstract: A arquitectura possui o poder de gerar metamorfoses, de conferir mudança, como arte regeneradora da cidade. A reutilização de edifícios devolutos é uma realidade transversal dos centros urbanos, como estratégia simbiótica de conservação e de satisfação das suas carências. O presente trabalho, ilustra o exemplo do dormitório novo do Mosteiro de Celas, em Coimbra, que com raízes no século XVII perdurou por quatro séculos, graças à sua capacidade de se reinventar e de se adaptar a diferentes programas para colmatar as falhas da urbe no campo da saúde pública. Fundado como dormitório cisterciense, acolheu posteriormente um Asilo, um Sanatório feminino/infantil e um Hospital Pediátrico. Ao longo de três capítulos, esta dissertação debruça-se sobre o estudo do edifício original, o dormitório de Celas, bem como sobre as transformações provocadas pelas diversas adaptações programáticas. São contextualizadas as causas, as influências de modelos europeus e os intervenientes políticos que estiveram na origem da constante metamorfose do edifício. Numa última parte, a investigação lança um olhar sobre o futuro do edifício e sobre a proposta que actualmente se debate para a instalação de um novo programa. A investigação procura expor o valor arquitectónico do edifício, bem como ilustrar o papel dinamizador que conferiu a Coimbra. Sendo um edifício acarinhado e que faz parte da memória colectiva, aguarda-se com expectativa o seu futuro na cidade.
Architecture enables metamorphoses, changes, such as an art of a city. The reuse of both unoccupied and ruined buildings is a cross-reality of urban areas, as symbiotic strategy of conservation and needs suppression. This study illustrates the example of Celas Monastery new dormitory, in Coimbra. Rooted back to the seventeenth century, it crossed four centuries, all thanks to its ability to reinvent itself and adapt to different purposes in order to address gaps in the city's public health system. Founded as a Cistercian dormitory, later hosted an asylum, a women's/children's sanatorium and Children's Hospital. Over three chapters, this dissertation focuses on the study of the original building, the new dormitory of Celas Monastery, as well as on the changes caused by the multiple program adjustments. It intends to analyse the causes, the influences of European models and political parties that led to the building´s constant metamorphosis. At last, the research takes a glance at its future, such as on the currently discussed proposal for a new program. The research seeks to expose this building's architectural value, as well as highlight its proactive importance to the city. As being a cherished infrastructure and a part of collective memory, expectations are high in regarding its future.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura, apresentada ao Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/33032
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquitectura em Metamorfose_Joana Vaz.pdf14.99 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.