Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/29730
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGomes, Carlos Ferreira-
dc.contributor.authorSilva, Thássio Rafael Alvão-
dc.date.accessioned2015-10-12T15:10:50Z-
dc.date.available2016-10-12T02:00:06Z-
dc.date.issued2015-09-25-
dc.identifier.citationSilva, Thássio Rafael Alvão da - Avaliação do grau de adesão à filosofia lean e da sua performance organizacional de empresas portuguesas, Coimbra, 2015por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/29730-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Gestão, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Carlos Ferreira Gomes.por
dc.description.abstractHoje muito se tem falado sobre Manufatura Magra (MM), porém poucos esforços têm sido dedicados a encontrar o nível de maturidade dessa metodologia dentro das organizações. Essa maturidade está associada, principalmente, à absorção dos princípios magros pela cultura organizacional. Com essa avaliação das práticas operacionais associadas às práticas magras, é possível determinar índices acerca da implantação desse sistema. O fato desta metodologia não possuir um padrão de implementação dificulta a avaliação do quanto a empresa está próxima da condição Lean, por isso requer uma atenção especial. A presente investigação baseia-se numa avaliação através das normas norte-americanas SAE J4000, aplicada numa base de dados das maiores empresas exportadoras portuguesas, para encontrar o nível de adesão à metodologia Lean. A estrutura da norma sofreu algumas alterações para possibilitar a geração de relatórios e resultados mais diversificados, incluindo perguntas ligadas à Performance Organizacional das empresas diante dos seus concorrentes. Após a realização desta avaliação, procuraram-se os graus de maturidade global e os graus de maturidade específicos da cultura Lean. Foi possível analisar estes resultados em função das características empresariais da amostra, e também foi exequível a construção de relatórios com abordagens estáticas que contribuíram para a robustez do trabalho. Por sua vez, os procedimentos possibilitaram gerar referências quantitativas e interpretações que permitirão que outros estudos possam ser desenvolvidos a partir deste. Apesar da existência de algumas limitações, foi possível identificar pontos fortes e fracos do sistema existente nas empresas. Além disso, o estudo também indicou diretrizes para o aperfeiçoamento do método existente de avaliação e implantação do MM.por
dc.language.isoporpor
dc.publisherFEUCpor
dc.rightsembargoedAccesspor
dc.subjectCultura Leanpor
dc.subjectProdução magrapor
dc.subjectGraus de maturidadepor
dc.titleAvaliação do grau de adesão à filosofia lean e da sua performance organizacional de empresas portuguesaspor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201479834-
uc.controloAutoridadeSim-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.researchunitCeBER – Centre for Business and Economics Research-
crisitem.advisor.orcid0000-0001-7071-8833-
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertacao_Thassio.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

318
checked on Nov 25, 2021

Download(s) 50

562
checked on Nov 25, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.