Title: Recuperando uma Memória: A Guerra Civil de Espanha nos Meios de Comunicação
Authors: Bernardo, Filipa 
Keywords: Comunicação e Jornalismo;Jornalismo;Imprensa;Guerra Civil de Espanha;Correspondentes;Propaganda;Memória;Rádio
Issue Date: 19-Sep-2014
Abstract: O presente estudo centra-se num acontecimento incontornável da História do Século XX: a Guerra Civil de Espanha (1936-1939). A Guerra Civil de Espanha não foi um acontecimento unicamente espanhol, foi um acontecimento europeu, introduzindo-se na consciência europeia, não apenas como um presságio de uma guerra de maiores proporções, mas como a inauguração de uma nova forma de fazer guerra bastante temida: o povo espanhol foi o primeiro a sofrer as consequências das guerras modernas, em que os civis se tornam alvos. A Guerra Civil de Espanha é considerada a última Guerra Romântica, tendo comovido o mundo e provocado enormes paixões: 40.000 voluntários, oriundos de 53 países distintos, integraram as chamadas Brigadas Internacionais, combatendo em Espanha contra o fascismo. É também frequentemente designada como a Guerra dos Intelectuais, tendo originado romances célebres, obras de arte, e fotografias icónicas. As publicações mais prestigiadas enviaram os seus melhores profissionais para cobrir a guerra, em Espanha estiveram várias centenas de jornalistas ou voluntários que em dado momento exerceram funções informativas. O fotojornalismo fez da Guerra Civil de Espanha a primeira guerra "fotogénica" da história, transmitindo imagens chocantes dos acontecimentos em Espanha. Foi também a primeira guerra mediática: marca a estreia do filme sonoro. A Guerra Civil de Espanha é referenciada como um campo de ensaio para a Segunda Guerra Mundial, e não apenas em termos bélicos, mas também a nível das estratégias de propaganda e de comunicação. Esta dissertação divide-se em três partes: na primeira elaboramos a fundamentação teórica da dissertação; na segunda fazemos uma breve contextualização histórica da Guerra Civil de Espanha, assim como abordamos a questão da memória da guerra; na terceira estudamos o Jornalismo na Guerra Civil de Espanha, com especial incidência no caso português, tanto a nível da imprensa como da rádio.
The present study is about a very significant event in the 20th Century History: The Spanish Civil War (1936-1939). The Spanish Civil War was not only a Spanish matter, it was also, and above all, a European one. As such, in the European consciousness, it was inserted not only as a presage of a war with larger proportions, but also as the inauguration of a new and fearful kind of war. The Spanish people was in fact the first one to suffer the consequences of a modern war, in which the civilians are also potential targets. The Spanish Civil War is known for being the last Romantic War, the world was very moved by it, and it awakened really great passions: 40.000 volunteers, from 53 different nations, joined the International Brigades, and fought in Spain against fascism. The Spanish Civil War is also commonly referred as the Intellectuals War: it inspired great romances, works of art, and iconic photographs. The most prestigious publications sent their very best professionals to cover the war. Hundreds of journalists or volunteers that at one point practice some similar role were in Spain during the conflict. Photojournalism, had made The Spanish Civil War in the very first "photogenic" war of history, showing shocking images of the events in Spain. It was also the first media war, because it was the first one in which the sound film was used. The Spanish Civil War is often pointed as a testing field for the Second World War, in one hand due to military matters, in the other hand due to publicity and communication strategy. This dissertation is structured in three different parts: the theoretical foundation of the dissertation is drawn in the first one; a brief historical contextualization of The Spanish Civil War is presented in the second part, and it also regards the war memory issue; last but not least, the third and last part concerns the study of journalism and social media in general, in the context of The Spanish Civil War, with special emphases to the Portuguese case, in terms of printing press and radio ones.
Description: Dissertação de Mestrado em Comunicação e Jornalismo apresentada ao Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27000
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertaçãomestrado.pdf814.91 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.