Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26452
Title: A tensão mythos-logos em Platão
Authors: Lopes, Rodolfo Pais Nunes 
Orientador: Fialho, Maria do Céu
Cornelli, Gabriele
Issue Date: 10-Dec-2014
Citation: LOPES, Rodolfo Pais Nunes - A tensão mythos-logos em Platão. Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/26452
Abstract: A presente tese pretende fornecer uma interpretação geral do pensamento de Platão à luz dos conceitos mythos e logos. Tentaremos demonstrar que o platonismo não pode ser interpretado como um corpo doutrinário unificado e homogéneo; como uma explicação unívoca (um logos) dos fenómenos. A impossibilidade de estabelecer uma cronologia que mapeasse as várias ‘fases' do filosofar platónico, a ausência de uma voz autoral que insiste no anonimato, a natureza permanentemente inconclusiva das discussões, entre outros aspectos, são claras marcas de um projecto filosófico que exige ao sujeito-leitor algo mais do que a simples assimilação de conceitos e estruturas teóricas. Existe, claro, um núcleo doutrinário racionalmente validado (as Ideias, a imortalidade da alma, o princípio ontológico da identidade etc.), que impede uma interpretação estritamente céptica ou puramente literária; mas a resposta às questões mais determinantes (o que é a justiça, o que é o amor, como se formou o cosmos) exige outro tipo de recursos, que não o simples uso da razão.
The following thesis intends to propose a general reading of Plato’s work according to the concepts mythos and logos. We will try to show that platonism can not be understood as a unified and coherent structure of doctrines and theoretical contents; as a straight explanation (a logos) of phenomena. The impossibility of establishing a chronological model that could map the several phases of Plato’s philosophical personality, the absence of an authoral voice that insists to remain anonymous, the permanently inconclusive nature of some discussions, among other aspects, are clear traces of philosophical project that demands the subject-reader something beyond the simple assimilation of conceptual and theoretical structures. There is, however, a theoretical core which demands rational validation (Ideas, immortality of the soul, identity principle etc.), that restrains a purely skeptical or literary interpretation; but the answer to the most fundamental questions (what is justice, what is love, how did the universe was created) demands a different set of methodological tools, beyond the pure use of reason.
Description: Tese de doutoramento em Letras, na especialidade de Poética e Hermenêutica, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26452
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Estudos Clássicos - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A tensão mythos-logos em Platão.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

567
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 10

1,644
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.