Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25555
Title: A Sociabilidade na Metrópole de São Paulo: um estudo sobre o bairro da Vila Olímpia
Authors: Levy, Dan
Orientador: Fortuna, Carlos
Keywords: Sociologia
Cidades e culturas Urbanas
Issue Date: 6-Jun-2014
Citation: LEVY, Dan Rodrigues - A sociabilidade na metrópole de São Paulo : um estudo sobre o bairro da Vila Olímpia. Coimbra : [s.n.], 2014. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/25555
Abstract: Esta tese de doutoramento analisa a sociabilidade na metrópole de São Paulo como um fenômeno social que vem sendo remodelado pelas transformações oriundas do acelerado processo de urbanização neoliberal. Para tanto, realizou-se um estudo de caso no bairro da Vila Olímpia, localizado no distrito do Itaim Bibi, zona sudoeste da capital paulista para detectar a transição na natureza das sociabilidades entre os moradores do bairro. Para subsidiar o estudo, mergulhou-se nas teorias acerca da Metrópole e da Modernidade com o intuito de enquadrar São Paulo como uma cidade pós-industrial de periferia, marcada por intensa fragmentação e segregação social, guiada pelos ditames do modelo urbano neoliberal que influencia não só o espaço como as relações sociais nele produzidas. Conceituou-se sociabilidade como o processo de interação social entre indivíduos cujo objetivo comum é formar uma unidade, uma sociedade. A análise aprofundou-se na noção de identidade e comunidade, uma vez que são categorias sociológicas que influenciam a construção e o desenvolvimento da sociabilidade. Neste sentido, entende-se sociabilidade como um fenômeno social vinculado às categorias sociológicas de identidade e comunidade o que decorre de diferentes formas nas escalas metropolitanas. Porém, é no bairro que o indivíduo realiza as suas experiências e trajetórias; vivencia e organiza a sua vida sendo, portanto, a unidade básica onde se desenvolve as interações sociais da vida cotidiana. A pesquisa na Vila Olímpia foi fundamental para compreender se a sociabilidade no bairro tende a sucumbir ou resistir ao processo urbano neoliberal. Primeiramente realizou-se uma sucinta contextualização da área em estudo, tentando reconstruir os estilos de vida, os tipos de sociabilidades, a memória, o passado e a história do bairro através de documentos e relatos de moradores. Em seguida, várias incursões no campo de estudo foram efetivadas para compreender a forma de vida dos atores sociais que moram no bairro, frequentando ou não espaços de sociabilidades, observando o ritmo de vida e a interação social dos mesmos. Posteriormente, realizaram-se entrevistas em profundidade com antigos e novos moradores para desvendar as Sociabilidades I, II e III. Como principal resultado destaca-se um conflito socioespacial abstrato e subjetivo que marca as relações de interação social, justificando a transição na natureza das sociabilidades entre os antigos e novos moradores da Vila Olímpia, intensificada por uma visível redução de espaços públicos e pelo consequente aumento de espaços privados impulsionados por um modelo urbano segregador e excludente, caracterizando uma vida urbana reduzida. No mais, a pesquisa desvendou verdadeiras vozes de resistência demonstrando que através de estratégias coletivas como recurso político, ao mesmo tempo em que a sociabilidade no bairro tende a sucumbir também pode resistir ao modelo urbano neoliberal existente. Palavras-chave: Metrópole; Urbanismo Neoliberal; São Paulo; Sociabilidade; Vila Olímpia.
Description: Tese de doutoramento em Sociologia, Cidades e Culturas Urbanas, apresentadas à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25555
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAPA.e.TESE.pdfDocumento Principal6.09 MBAdobe PDFView/Open
Apêndice.pdfTranscrição das Entrevistas462.96 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.