Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/2121
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFerreira, Abel Gomes Martins-
dc.date.accessioned2008-12-04T14:26:03Z-
dc.date.available2008-12-04T14:26:03Z-
dc.date.issued1997en_US
dc.identifier.citationFERREIRA, Abel Gomes Martins - Estudo Termodinâmico do Equilíbrio de Fases de Substâncias Puras. Coimbra, 1997.-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/2121-
dc.description.abstractNum artigo que terá passado algo despercebido pela comunidade científica, C. H. Mosselman, W.H. van Vugt e H. Vos [ J. Chem. Eng. Data, 27 (1982) 246] mostraram que a clássica equação de Clapeyron-Clausius poderia ser transformada numa equação diferencial exacta; definiram o correspondente factor integrante e efectuaram a integração (exacta) da equação diferencial resultante aplicando as técnicas padrão, conhecidas da Análise Matemática. No mesmo artigo foi feita a aplicação ao equilíbrio de vaporização de substâncias correntes: metanol, etanol, água e benzeno. Estimulados por aquele resultado pioneiro e considerando que a equação de Clapeyron-Clausius governa todos os equilíbrios de fases (de 1a. ordem) das substâncias puras, empreendemos uma tentativa de tratamento unificado, analítico e quantitativo, das principais curvas de equilíbrio bifásico: sublimação, vaporização, fusão e transformação sólido-sólido. No Capítulo 2 da dissertação apresentamos a metodologia que permite obter o factor integrante que transforma a equação de Clapeyron-Clausius numa equação diferencial exacta e mostramos como se pode obter a solução geral. Nos capítulos seguintes fazemos uma abordagem uniforme das transformações de fases de 1a. ordem das substâncias puras: desenvolvemos a solução geral resultante da integração exacta, de forma a encontrar as equações das curvas de sublimação, de vaporização, de fusão e de transição sólido-sólido a partir, essencialmente, do conhecimento dos volumes molares e das capacidades caloríficas molares das fases em equilíbrio. Os valores da pressão de equilíbrio calculados a partir das equações encontradas por desenvolvimento da solução geral foram comparados com os valores experimentais para um conjunto de substâncias criteriosamente seleccionadas. A incerteza dos valores calculados situam-se geralmente no intervalo ± 1%. Analisamos, também, as entalpias de transformação associadas a estas mudanças de fase e estabelecemos algumas correlações visando a estimativa de propriedades termodinâmicas. Ao longo do estudo foram sendo estabelecidas e analisadas as condições em que é possível obter, a partir da solução geral, as equações empíricas frequentemente utilizadas para descrever as curvas de equlíbrio bifásico. Neste contexto estabelecemos as condições mais simples sob o ponto de vista analítico que conduzem à equação de Simon para a fusão. São sugeridos aperfeiçoamentos possíveis e desenvolvimentos futuros.en_US
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesseng
dc.subjectTermodinâmica Químicaen_US
dc.subjectEngenharia Químicaen_US
dc.titleEstudo Termodinâmico do Equilíbrio de Fases de Substâncias Purasen_US
dc.typedoctoralThesisen_US
item.fulltextSem Texto completo-
item.grantfulltextnone-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.author.deptFaculty of Sciences and Technology-
crisitem.author.parentdeptUniversity of Coimbra-
crisitem.author.researchunitCIEPQPF – Chemical Process Engineering and Forest Products Research Centre-
crisitem.author.parentresearchunitFaculty of Sciences and Technology-
crisitem.author.orcid0000-0002-8316-200X-
Appears in Collections:FCTUC Eng.Química - Teses de Doutoramento
Show simple item record

Page view(s) 50

564
checked on Sep 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.