Title: Contributo de variáveis biossociais e estilo de vida na explicação da coordenação físico - motora em jovens masculinos de 9 - 10 anos de idade
Authors: Figueira, Seomara Neto 
Keywords: População escolar -- sexo masculino;Coordenação motora;Desenvolvimento motor;Estilo de vida;Coordenação motora -- criança -- Figueira da Foz
Issue Date: 2010
Citation: Figueira, Seomara Neto - Contributo de variáveis biossociais e estilo de vida na explicação da coordenação físico - motora em jovens masculinos de 9 - 10 anos de idade. Coimbra, 2010
Abstract: O presente estudo tem como objectivo determinar a influência da coordenação motora nos factores biossociais, biomaturacionais e estilo de vida, de crianças do 1º ciclo do ensino básico, com idades entre 9 e 10 anos. A amostra foi constituída por 33 crianças do sexo masculino, dos 8,5 aos 10,1 anos de idade, das Freguesias de Tavarede e Buarcos, na cidade da Figueira da Foz. Os dados biossociais foram determinados através da densidade demográfica das respectivas juntas de freguesia, das habilitações dos pais dos alunos, o número de irmãos dos alunos, a ordem de nascimento, estatura dos pais, quantos anos pratica expressão físico-motora e se actualmente participa em alguma actividade social-desportiva. Os dados biomaturacionais, foram determinados pela morfologia, através da medição da estatura, massa corporal, pregas adiposas (tricipital, geminal, supra-íliaca e sub-escapular), altura sentado, comprimentos dos membros inferiores, estatura matura predita, o índice de massa gorda, o índice córmico e a percentagem de massa gorda de Slaughter. A coordenação motora foi avaliada pela bateria de testes KTK (Körperkoordinationtest für Kinder) e foi aplicado um questionário sobre o estilo de vida dos alunos, para determinar os estímulos sociais para a prática de actividade física destes. Foi utilizado o teste t-student para comparar a variável social e motora. Conclusão: o estudo evidencia que existem diferenças estatisticamente significativas nos níveis de coordenação motora com o número de irmãos em apenas um teste (transposição lateral de placas), e com o tipo de residência no teste de saltos monopedais.
The aim of the present study was to determine the influence of the motor coordination in the biosocial biomaturational factors and life style of children of 1st stage of basic education, between 9 and 10 years old. The sample was constituted by 33 male children, from 8,5 to 10,1 years old from the parish councils of Tavarede and Buarcos, in the city of the Figueira da Foz. The biosocial data were determined through the demographic density of the respective parish councils, regarding the parents pupils's qualifications, the number of brothers of the pupils, the birth sequence, the parents stature, how many years of physicist-motor expression pratices and the current participation in some y social-sportive activity. The biomaturational data were determined by the morphology, through the measurement of the stature, body mass, adipose folds (tricipital, geminal, supra-iliac and sub-scapular), height seated, lengths of the inferior members, predicted mature stature, the fat mass index, the cormic index and the percentage of fat mass "Slaughter". The motor coordination was evaluated by the set of KTK tests (Körperkoordinationtest für Kinder), and a quiz of the life style of the pupils was applied to determine the social stimulations for the practice of them physical activity. The t-student test was used to compare the social and motor variable. In conclusion, the study evidences that statistically significant differences exist in the levels of motor coordination with the number of brothers in only one test (lateral transposition of plates) and with the type of residence in the monopedal jump test.
Description: Dissertação de mestrado em Biocinética do Desenvolvimento (Ciências do Desporto), apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Fisica da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/13252
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Contributo de variáveis biossociais e estilo de vida.pdf2.71 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.