Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/99284
Title: O EDUCADOR SOCIAL NO ACOLHIMENTO RESIDENCIAL DE CRIANÇAS E JOVENS: UMA ABORDAGEM SOCIOEDUCATIVA ÀS EMOÇÕES, AOS MEDIA E À INTERCULTURALIDADE
Other Titles: THE SOCIAL EDUCATOR IN RESIDENTIAL CARE FOR CHILDREN AND YOUTH: A SOCIO-EDUCATIONAL APPROACH TO EMOTIONS, MEDIA AND INTERCULTURALITY
Authors: Rebelo, Cátia Sofia Moniz
Orientador: Pinheiro, Maria Rosário Carvalho Nunes Manteigas Moura
Keywords: Educador Social; Acolhimento Residencial; Emoções; Media; Interculturalidade; Social Educator; Residential Care; Emotions; Media; Interculturality
Issue Date: 3-Dec-2021
Serial title, monograph or event: O EDUCADOR SOCIAL NO ACOLHIMENTO RESIDENCIAL DE CRIANÇAS E JOVENS: UMA ABORDAGEM SOCIOEDUCATIVA ÀS EMOÇÕES, AOS MEDIA E À INTERCULTURALIDADE
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: O acolhimento residencial é uma das medidas utilizadas quando se pretende promover os direitos e a proteção das crianças e jovens que se encontram em situações de risco ou perigo, de forma a garantir o seu bem-estar e desenvolvimento integral. Este trabalho corresponde ao relatório de estágio, em contexto de acolhimento residencial de crianças e jovens, realizado no Colégio de S. Caetano da Santa Casa da Misericórdia de Coimbra, no âmbito do mestrado em Educação Social, Desenvolvimento e Dinâmicas Locais da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. A intervenção realizada incide em temas atuais como a pertinência do reconhecimento e regulação das emoções no dia a dia, os media, as suas vantagens e perigos e, também, a importância que a interculturalidade e convivência assumem nos diversos contextos de vida. O projeto de intervenção foi planeado tendo em consideração a análise de necessidades efetuada no início do estágio, a disponibilidade da instituição e, sobretudo, o público-alvo e a articulação com as linhas orientadoras da educação para a cidadania em contexto escolar e da Estratégia Nacional de Educação para Cidadania. Assim, o projeto contou com dezasseis sessões, numa abordagem socioeducativa às emoções, aos media e à interculturalidade. Participaram nove jovens, com idades entre os doze e os dezasseis anos. A avaliação do projeto realizou-se, numa fase inicial, através do feedback transmitido pelo público-alvo e, posteriormente, com recurso a uma grelha de avaliação da satisfação. A observação direta revelou-se uma técnica pertinente, uma vez que permite avaliar vários aspetos de envolvimento e aprendizagens. Concluiu-se que apesar dos temas serem muito atuais e abordados inclusivamente nos currículos escolares, é ainda baixo o nível conhecimentos e competências por parte dos jovens, sendo fundamental a intervenção socioeducativa no contexto de vida residencial. Neste sentido, o educador social apresenta-se com um papel importante no contexto do acolhimento de crianças e jovens, uma vez que detém um conjunto de competências pessoais, técnicas e científicas que lhe permite compreender as necessidades, delinear estratégias de intervenção e avaliar os seus resultados, em articulação com as orientações das políticas públicas.
Residential care is one of the measures used to promote the rights and protection of children and young people who are in situations of risk or danger, to ensure their well-being and full development. This work corresponds to the internship report, in the context of residential care for children and young people, carried out at the Colégio de S. Caetano da Santa Casa da Misericórdia de Coimbra, as part of the master's degree program in Social Education, Development and Local Dynamics of the Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. The intervention focuses on current issues such as the relevance of recognizing and regulating emotions in everyday life, the media, its advantages and dangers, and the importance of interculturality and coexistence in the various contexts of life.The intervention project was planned to consider the needs analysis carried out at the beginning of the internship, the availability of the institution and, above all, the target audience, and the articulation with the guidelines of citizenship education in school context and the National Strategy for Citizenship Education. Thus, the project included sixteen sessions, in a socio-educational approach to emotions, media, and interculturality. Nine young people, aged between twelve and sixteen, participated. The project was evaluated, initially, through feedback from the target audience and, subsequently, using a satisfaction evaluation grid. Direct observation proved to be a pertinent technique since it allows us to assess various aspects of involvement and learning. It was concluded that although the topics are very current and addressed even in school curricula, the level of knowledge and skills on the part of young people is still low, making the socio-educational intervention in the context of residential life fundamental. In this sense, the social educator has an important role in the context of childcare, since he/she possesses a set of personal, technical, and scientific skills that allow him/her to understand the needs, design intervention strategies, and evaluate their results, in articulation with public policy guidelines.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Educação Social, Desenvolvimento e Dinâmicas Locais apresentado à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/99284
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatório de Estágio - Cátia Sofia Moniz Rebelo .pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

39
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

30
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons