Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98861
Title: Sistema aquífero Caldas da Rainha – Nazaré: hidrodinâmica e modelação geométrica do setor central (Tornada)
Authors: Henriques, João Paulo Pereira
Orientador: Azevedo, José Manuel Martins
Rodrigues, Nelson Edgar Viegas
Keywords: Vale tifónico das Caldas da Rainha; Sistema Aquífero O33 – Caldas da Rainha Nazaré.; aquífero plio-plistocénico; hidrodinâmica intra-aquífera; modelação geométrica; Typhonic valley of “Caldas da Rainha”; Aquifer System “O33 - Caldas da Rainha Nazaré; Plio-Pleistocene aquifer; intra-aquifer hydrodynamics; Geometric modelling
Issue Date: Sep-2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente trabalho pretende contribuir para o conhecimento mais aprofundado do Sistema Aquífero O33 – Caldas da Rainha – Nazaré, nomeadamente para o conhecimento da sua hidrodinâmica interna e da sua morfologia no sector central – Tornada. O estudo baseou-se fundamentalmente na análise de Relatórios de furos para captação de água realizados no setor em análise e nos domínios envolventes. A área estudada tem uma área aproximada de 21 km2 e foram utilizados 23 relatórios de captações. O domínio do Sistema Aquífero O33 – Caldas da Rainha – Nazaré (Almeida, 2000) selecionado apresenta: (1) uma geologia marcada pela presença de formações sedimentares de origem marinha e continental do Plio-plistocénico e formações margo calcárias do Jurássico inferior; (2) um enquadramento hidrogeológico caraterizado pela ocorrência de aquíferos livres e semi- -confinados interligados entre si, em que a sua base é a Formação das “Margas e Calcários de Dagorda” (Zbyszewski, 1959). O tratamento dos dados recolhidos na bibliografia (nomeadamente na cartografia geológica da região) e nos relatórios de captações, assim como os elementos de campo foram tratados por diversos programas informáticos (por exemplo, RockWorks e Surfer) o que permitiu expressar os seguintes resultados: - o aquífero inserido nas formações plio-plistocénicas encontra-se dividido em dois setores separados pelo afloramento central da Formação “Margas e Calcários de Dagorda” (Zbyszewski,1959); - a hidrodinâmica intra-aquífera no setor W caracteriza-se por: (1) baixo gradiente hidráulico a E e elevado a W (zona de recarga aquífera); (2) zonas onde a produtividade aquífera é elevada a muito elevada (> 30 m3/h); - a hidrodinâmica intra-aquífera no setor E carateriza-se por: (1) baixo gradiente hidráulico a W e elevado a N (zona de descarga aquífera); (2) setor menos produtivo da zona em estudo em que raramente se obtêm caudais superiores a 15 m3/h; - a geometria do setor W caracteriza-se: (1) depressão em forma de sinforma segundo a direção W-E; (1) a sua base é composta por contornos muito irregulares, no entanto, observa-se duas depressões mais acentuadas alinhadas NW-SE; (2) o topo apresenta uma forma quase plana; (3) as suas laterais W e E formam declives medianos, enquanto que a N e S seguem os mesmos padrões que a base aquífera; - a geometria do setor E carateriza-se: (1) de forma regular em todos os seus quadrantes, não é possível observar grandes variações na sua geometria; (2) No sentido E-W o aquífero forma um sinforma, mas com contornos mais suaves que o setor W; - a morfologia aquífera é claramente condicionada pelos fatores seguintes: (1) estruturais, pela possível existência de falhas que se encontram cobertas pelo Plio-plistocénico; (2) (paleo)geomorfológicos e (paleo)deposicionais, em que a espessura do aquífero está interligada com estes dois fatores. - a espessura do aquífero está diretamente relacionada com a sua produtividade.
This work intends to contribute to an improved understanding of the aquifer system “O33 - Caldas da Rainha – Nazaré”, especially in what concerns the internal hydrodynamics and morphology of the central sector - Tornada. This study was based primarily on the log reports of water wells that have been drilled in the area. The area analyzed covers approximately 21 km2 and twenty three log reports have been selected. The domain of the aquifer system “O33 - Caldas da Rainha - selected Nazaré” is characterized by: (1) a geology marked by Plio-Pleistocene marine and continental sedimentary formations and by marl-limestone formations of the lower Jurassic; (2) a hydrogeology characterized by the occurrence of interconnected free and semi-confined aquifers, where the basement is the "Marl and Limestones of Dagorda" Formation. Processing of data from literature (in particular geological mapping of the region), from water well log reports, and from field observations was accomplished with several software programs (e.g., Surfer and RockWorks). This allowed the preparation of following results: - The aquifer imbedded in the Plio-Pleistocene formations is split into two sections separated by the central outcrop of the "Marl and Limestones of Dagorda" Formation; - Intra-aquifer hydrodynamics in the west sector is characterized by: (1) low hydraulic gradient in the east and high in the west (aquifer recharge zone); (2) water-bearing areas with very high productivity (>30 m3/h) - Intra-aquifer hydrodynamics in the east is characterized by: (1) low hydraulic gradient in the west and high gradient in the north (aquifer discharge zone); (2) this sector is the less productive of the studied zone where seldom are obtained flows above 15 m3 / h. - The geometry of the west sector is characterized by: (1) a depression with a syncline shape aligned in the direction WE; (1) its basement is highly irregular, however there are two more pronounced depressions aligned NW-SE; (2) it shows a nearly flat top; (3) the W and E sides have softer slopes, while the N and S sides follow the same pattern as the base of the aquifer. - The sector geometry of the east sector is characterized by: (1) it is regular in all the quadrants, where it is not possible to observe large variations in their geometry; (2) in the EW direction, the aquifer forms a syncline shape but with softer contours than the west sector; - The aquifer morphology is clearly constrained by the following factors: (1) structural controls, possibly by existing faults that are covered by the Plio-Pleistocene formations; (2) (paleo)geomorphological and (paleo)depositional factors, where the thickness of the aquifer is controlled by both factors. - The thickness of the aquifer is directly related to its productivity.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Geológica e Minas apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/98861
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Terra - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação João Henriques FINAL.pdf6.04 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

44
checked on Nov 21, 2022

Download(s)

96
checked on Nov 21, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.