Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98552
Title: Literacia em saúde e complicações cardiovasculares na diabetes tipo 2 - Estudo transversal nacional
Other Titles: Health literacy and cardiovascular disease in type 2 diabetes - Cross-sectional study
Authors: Silva, Joana Margarida Pereira de Melo Soares da
Orientador: Silva, Inês Rosendo Carvalho e
Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Keywords: Literacia em saúde; Diabetes mellitus tipo 2; Complicações cardiovasculares; Adesão; Capacitação; Qualidade de vida.; Health literacy; Type 2 diabetes mellitus; Cardiovascular complications; Adherence; Empowerment; Life quality.
Issue Date: 9-Mar-2021
Serial title, monograph or event: Literacia em saúde e complicações cardiovasculares na diabetes tipo 2 - Estudo transversal nacional
Place of publication or event: Cuidados de Saúde Primários - Portugal
Abstract: Introdução: A diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é uma doença crónica, influenciando, a nível mundial, a saúde da população afetada. As complicações macrovasculares constituem a principal causa de morte das pessoas com diabetes. A literacia em saúde é a capacidade que o indivíduo pode obter para adquirir, interpretar, compreender e comunicar acerca da informação relacionada com a saúde, necessárias para o controlo da sua diabetes e, consequentemente, para a prevenção cardiovascular.Objetivos: Compreender a relação entre a literacia em saúde e a ocorrência de eventos cardiovasculares na pessoa com diabetes mellitus tipo 2, assim como avaliar a relação da literacia com a adesão à terapêutica, capacitação e qualidade de vida. Este projeto exploratório pretende ainda analisar a amostra prevista para a realização de um estudo longitudinal final.Métodos: Estudo piloto transversal nacional, de coorte prospetiva quasi-aleatorizada, em pessoas com DM2, selecionados por conveniência em ACES aleatorizados. Foram reunidos dados sociodemográficos e clinicolaboratoriais pertencentes às pessoas com diabetes, assim como as complicações cardiovasculares existentes. Todas as escalas utilizadas foram previamente validadas, sendo que para a avaliação da literacia em saúde recorreu-se ao Medical Term Recognition Test, para avaliação da adesão à terapêutica utilizou-se a Escala de Autocuidados com a Diabetes, para análise da capacitação aplicou-se a Escala de Capacidade de Controlo da Diabetes – versão curta e para mensuração da qualidade de vida recorreu-se à European quality of life – visual analogue scales. A análise estatística descritiva e inferencial foi realizada com recurso à correlação de Spearman e ao teste U de Mann Whitney.Resultados: A amostra de 164 doentes, tinha uma média de idades de 67.53 ± 9.91 anos, sendo 59.8 % do género masculino, 44.5% com uma literacia adequada, uma HbA1c média de 6.95% e 17% dos inquiridos tinha pelo menos uma complicação cardiovascular. Não foi encontrada nenhuma relação significativa entre literacia em saúde e a ocorrência de eventos cardiovasculares, contudo foi detetada uma tendência para as pessoas com antecedentes de enfarte agudo do miocárdio, acidente isquémico transitório e doença coronária isquémica assinalarem um menor número de termos reais na escala de avaliação da literacia, bem como as pessoas com maior literacia aderirem mais à alimentação específica, contudo, menos às atividades físicas. Averiguou-se uma relação significativa entre literacia em saúde e os valores de LDL (p=0.046), idade (p≤0.001), formação (p≤0.001) e índice SEDI - Socio Economic Deprivation Index (p≤0.001).Discussão: As características da amostra, apesar de semelhantes à população portuguesa com diabetes, parecendo ser uma boa base inicial para o estudo longitudinal, pecam pela insuficiente dimensão, o que poderá justificar o facto de os resultados não corresponderem aos resultados de estudos transversais similares mais alargados.Conclusão: Não se detetou a presença de uma relação estatisticamente significativa entre a literacia em saúde e a ocorrência de eventos cardiovasculares. É fundamental a continuação da amplificação da amostra para a concretização do estudo longitudinal, mantendo a distribuição das características sociodemográficas da mesma e, logo, a forma de amostragem que está a ser realizada.
Introduction: Type 2 diabetes melllitus (DM2) is a chronical disease which influences, worldwide, the health of the affected population. The macrovascular complications define the main cause of death of diabetic patients. Health literacy is the capacity one can obtain in order to acquire, interpret, understand and communicate the information which is related to health, necessary for the controle of the diabetes and, consequently, for the cardiovascular prevention.Objectives: Understand the relation between health literacy and the occurrence of cardiovascular events in a person with type 2 diabetes mellitus, as well as to evaluate the relation between health literacy and the adherence to therapy, empowerment and life quality. This exploratory study also attempts to analyse the sample predicted to the final research project. Methods: Cross-sectional national pilot experiment of prospective cohort quasi-randomized, carried out in persons with DM2 was selected by convinience in ACES aleatory. Sociodemographic and cliniclaboratorial data was collected, data which belonged to diabetic patients, as well as the existing cardiovascular complications. All the used scales were previously validated. The Medical Term Recognition Test was used to evaluate the health literacy, the Summary of Diabetes Self- Care Activities was chosen for the adherence to therapy and for the analysis of the capacitation was used the Diabetes Empowerment Scale – short version. As for the measurement of life quality it was used the European Quality of Life – Visual analogue scale. The statistic, descriptive and inferencial analysis, was accomplished using the correlation of Spearman and the test U of Mann Whitney.Results: The sample, collected from 164 patients, had an age average of 67.53 ± 9.91 years. 59,8% were males, 44.5% with adequate literacy, an HbA1c average of 6.95% and 17% of the inquired had at least one cardiovascular complication. No significative relation was found between health literacy and the occurrence of cardisvascular events. However, it was detected that people with preceding problems of history of acute myocardial infarction, transient ischemic attack and ischemic coronary disease proved to belong to a group with a inferior number of real terms in the evaluation of the literacy scale. On the other hand, people with more literacy were more predispose to adhere to a specific diet, but not so much to physical activities. It was examined that there was a significative relation between health literacy and the values of LDL (p=0.046), age (p≤0.001), formation (p≤0.001) and the index SEDI - Socio Economic Deprivation Index (p≤0.001).Discussion: Although the characteristics of the sample were similar to the portuguese population with diabetes, have been seeming to be a good start for the longitudinal research, however it sin for the insufficient dimension, what may justify the fact that the results do not correspond to the results of bigger similiar transversal studies.Conclusion: The presence of a statistically significative relation between health literacy and the occurrence of cardiosvascular events was not found. It is essencial to continue to amplify the sample so that the longitudinal research can be achieved, keeping the distribution of the sociodemographic characteristics and, therefore, the way the sample is being made.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98552
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Literacia em saúde e complicações cardiovasculares na DM2_Joana Melo.pdf694.74 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

29
checked on Aug 5, 2022

Download(s)

1
checked on Aug 5, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons