Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98504
Title: Histopatologia da Peça de Gastrectomia Vertical por Obesidade Mórbida: estudo retrospetivo
Other Titles: Histopathological Findings in the Specimen of Sleeve Gastrectomy: retrospective analysis
Authors: Silva, Samuel Eduardo Barros
Orientador: Correia, André Miguel Andrade Lázaro da Silva
Tralhão, José Guilherme Lopes Rodrigues
Keywords: obesidade; gastrectomia vertical; histopatologia; peça operatória; obesity; laparoscopic sleeve gastrectomy; histopathology; resection specimen
Issue Date: 16-Jun-2021
Serial title, monograph or event: Histopatologia da Peça de Gastrectomia Vertical por Obesidade Mórbida: estudo retrospetivo
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra / Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
Abstract: Introdução: A obesidade mórbida é um problema de saúde pública mundial, que contribui para um conjunto diverso de doenças crónicas, como doenças cardiovasculares e cancro, associando-se a uma mortalidade significativa. Para além das mudanças do estilo de vida e da terapêutica farmacológica, o tratamento cirúrgico é considerado o mais eficaz. De entre as opções cirúrgicas, a Gastrectomia Vertical (GV) é o procedimento mais realizado. Daqui resulta uma peça operatória, que ao ser analisada histologicamente pode revelar diversos achados incidentais. Numa altura em que os custos em saúde são uma preocupação central, debate-se a necessidade de proceder à análise histopatológica rotineira de todas as peças, dado a maioria apresentar achados clinicamente irrelevantes. Objetivos: Identificação dos achados histopatológicos encontrados nas peças de GV e comparação da idade dos doentes com e sem achados clinicamente relevantes.Métodos: Estudo retrospetivo dos resultados do exame histopatológico e idade dos doentes submetidos a GV para tratamento de obesidade mórbida, desde janeiro de 2010 a dezembro de 2020 no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. As variáveis foram analisadas a partir de uma base de dados prospetivamente construída e irreversivelmente anonimizada. Divisão dos achados em 2 grupos: sem relevância clínica e clinicamente relevantes, descrição da sua frequência e comparação da idade dos doentes constantes em cada grupo. Resultados: Num total de 599 casos, obtiveram-se 574 (95,8%) peças com achados não relevantes e 25 (4,2%) resultados relevantes. O achado mais frequente foi lipomatose submucosa, presente em 52,9%, seguido de gastrite crónica não atrófica (21,5%) e sem alterações (21,2%). O achado clinicamente significativo mais frequente correspondeu a gastrite crónica atrófica em 13 (2,2%) casos, para além de 3 (0,5%) casos de gastrite crónica não atrófica com infeção por H. pylori, 2 (0,3%) de gastrite folicular e gastrite quística, 1 (0,2%) caso de GIST e de gastrite linfocítica e 4 (0,7%) casos de pólipos. Metaplasia intestinal esteve presente em 6 (1,0%) peças e no total 4 (0,7%) tinham infeção por H. pylori. A diferença de idade entre os dois grupos foi estatisticamente significativa. Conclusão: A maioria dos resultados foram não relevantes, com uma minoria a exigir seguimento pós-operatório. Os resultados clinicamente relevantes foram mais frequentes em indivíduos com maior idade, podendo esta vir a ser considerada como um critério de seleção de doentes cuja peça operatória deva ser alvo de estudo histopatológico.
Introduction: Obesity is a worldwide health problem, regarding its contribution for a wide range of diseases, such as cancer and cardiovascular diseases, with significant mortality rates. Apart from life style changes and pharmacotherapy, bariatric surgery is the best option to treat obesity. Laparoscopic Sleeve Gastrectomy (LSG) has become the most popular bariatric procedure, resulting in a specimen where it is possible to incidentally diagnose pathological findings. At a time when health care costs are a central concern, there is a debate regarding the need for histopathological analysis of all gastric specimens routinely, since most have clinically irrelevant findings. Objetives: Our aim is to describe the histopathological findings of the LSG specimens and compare patient’s age with relevant and non-relevant findings. Methods: Retrospective analysis from a prospectively constructed database of all patients who underwent LSG at Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, from January 2010 to December 2020. We collected patient’s age and pathological findings of all LSG specimens. The pathological findings were then divided in two groups: clinically relevant and non-clinically relevant. Results: From 599 cases reported, we found 574 (95,8%) non-clinically relevant findings and 25 (4,2%) specimens with relevant pathologies. The most frequent finding was submucosal lipomatosis in 52,9% of our sample, followed by non-atrophic chronic gastritis in 21,5% and no abnormal findings in 21,2%. Regarding the clinically relevant findings, chronic atrophic gastritis was the most frequent (2,2%), 3 (0,5%) cases of non-atrophic chronic gastritis with H. pylori infection, 2 (0,3%) of follicular and cystic gastritis, 1 (0,2%) GIST, 1 case of lymphocytic gastritis and 4 (0,7%) cases with polyps. Intestinal metaplasia was present in 6 (1,0%) specimen and 4 (0,7%) specimen with H. pylori infection. The difference in the mean age between the two groups was statistically significant. Conclusion: The majority of specimens had non-relevant findings, with a minority requiring post-operative follow-up or treatment. The clinically relevant results were more frequent in older patients, which means that age may be considered as a criterion for the selection of patients whose surgical specimen should undergo histopathological analysis.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98504
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho Final MIM_Samuel Silva_2015243372.pdf408.6 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

11
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

3
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons