Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98440
Title: Covid-19: impactos sobre a urgência de oftalmologia
Other Titles: COVID-19: IMPACTS ON THE OPHTALMOLOGY URGENCY
Authors: Costa, Sara Alexandra Palos Alves
Orientador: Rosa, Andreia de Faria Martins
Keywords: COVID-19; Serviço de Urgência; Visitas; Confinamento; Oftalmologia; COVID-19; Emergency Department; Visits; Confinement; Ophthalmology
Issue Date: 17-Mar-2021
Serial title, monograph or event: COVID-19: IMPACTOS SOBRE A URGÊNCIA DE OFTALMOLOGIA
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A pandemia COVID-19 instalou-se em Portugal em março de 2020, levando a um aumento da morbi-mortalidade associado a menor procura e acesso a cuidados de saúde programados. Este estudo pretende avaliar o impacto da mesma sobre o tipo de diagnósticos e gravidade das situações que se apresentaram no Serviço de Urgência (SU) de Oftalmologia do CHUC (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra) nos quatro primeiros meses de pandemia. Discutem-se possíveis razões para as mudanças verificadas e ambiciona-se uma melhoria da organização das equipas e sua diferenciação, caso surjam novas restrições ao funcionamento da sociedade e cuidados médicos. Métodos: Estudo observacional retrospetivo sobre a casuística do SU de Oftalmologia do CHUC em tempos de pandemia.Os dados são relativos aos meses março a junho (1 de março a 30 de junho), de dois anos consecutivos, 2019 e 2020. Estes foram analisados com estatística descritiva para médias e desvios-padrão das patologias e com teste qui-quadrado para comparação do número de visitas mensais ao SU por diagnóstico de admissão, após análise de normalidade com o teste Shapiro-Wilk. O teste T para amostras independentes aplicou-se para comparação do número de entradas dos dois anos. Os dados foram fornecidos pelo Serviço de Tecnologias e Sistemas de Informação do CHUC, assegurando o anonimato de todos os pacientes.Resultados e Discussão: O número total de visitas ao SU de Oftalmologia do CHUC reduziu de 5 709 para 3 490 (-38,9%) nos meses em estudo (p< 0,05). As condições relativamente menos urgentes, tais como blefaroconjuntivite (-69,7%) e conjuntivite aguda (-66,5%) foram as que maior diminuição sofreram. A patologia que sofreu proporcionalmente menor alteração foi corpo estranho na córnea (+2,7%).Por outro lado, diagnósticos como hemorragia do vítreo (+61,6%) e descolamento da retina não especificado (+37,5%) aumentaram em frequência absoluta embora não se prove o impacto da pandemia nos mesmos (p>0,05).As medidas de confinamento implementadas, o medo de infeção por COVID-19 no hospital e a diminuição de acidentes profissionais são algumas das causas apontadas.Conclusão: Há uma clara associação entre o início da pandemia no nosso país e a redução de visitas ao SU, tendo-se verificado a diminuição de situações menos urgentes e o aumento de diagnósticos mais graves, como descolamento da retina e corpo estranho na córnea.O SNS deve desempenhar esforços no sentido de melhorar a resposta aos casos não urgentes de forma a não sobrecarregar o SU com condições que não requerem tratamento imediato ou presencial.
Introduction: The COVID-19 pandemic settled in Portugal in March 2020, leading to an increase in morbidity and mortality, associated with lower demand and access to programmed health care. This study intends to evaluate the impact of it on the type of diagnoses and severity of the situations that appeared in the Emergency Department (ED) of Ophthalmology at the CHUC (Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra) in the first four months of the pandemic. Possible reasons for the changes observed are being discussed and the aim is to improve the organization of the teams and their differentiation, should new restrictions on the functioning of society and medical care arise.Methods: Retrospective observational study on the casuistry of the CHUC Ophthalmology SU in times of pandemic.The data are for the months March to June (March 1 to June 30), for two consecutive years, 2019 and 2020. They were analyzed with descriptive statistics for means and standard deviations of the pathologies and with a chi-square test to compare the number of monthly visits to the SU by diagnosis of admission after normality analysis with the Shapiro-Wilk test. The T test for independent samples was applied for comparison with the number of admissions in the two years. The data were provided by the CHUC Information Technology and Systems Service, ensuring the anonymity of all patients.Results and discussion: The total number of visits to the CHUC Ophthalmology SU decreased from 5 709 to 3 490 (-38.9%) in the months under study (p <0.05). The relatively less urgent conditions, such as blepharoconjunctivitis (-69.7%) and acute conjunctivitis (-66.5%) were those that suffered the greatest decrease. The pathology that suffered proportionally less change was a foreign body in the cornea (+ 2.7%).On the other hand, diagnoses such as vitreous hemorrhage (+ 61.6%) and unspecified retinal detachment (+ 37.5%) increased in absolute frequency, although the impact of the pandemic on them is not proven (p> 0.05).The containment measures implemented, the fear of COVID-19 infection in the hospital and a decrease in occupational accidents are some of the causes mentioned.Conclusion: There is a clear association between the beginning of the pandemic in our country and the reduction of visits to the ED, which led to the decrease in less urgent cases and the increase in more serious diagnoses such as retinal detachment and foreign body in the cornea.The NHS (SNS) should make efforts to improve the response to non-urgent cases so as not to overburden the ED with conditions that do not require immediate or face-to-face treatment.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98440
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho final MIM - Sara Alves Costa.pdf600.48 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

17
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

9
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons