Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98388
Title: Manifestações Cutâneas no Contexto da Doença Inflamatória Intestinal
Other Titles: Cutaneous Manifestations in the Context of Inflammatory Bowel Disease
Authors: Carvalho, Sofia Lobato Costa Vasques de
Orientador: Figueiredo, Américo Manuel Costa
Coutinho, Maria Inês Sampaio Dantas
Keywords: Doenças inflamatórias intestinais; Manifestações cutâneas; Eritema nodoso; Pioderma gangrenoso; Inflammatory bowel diseases; Skin manifestations; Erythema nodosum; Pyoderma gangrenosum
Issue Date: 18-May-2021
Serial title, monograph or event: Manifestações Cutâneas no Contexto da Doença Inflamatória Intestinal
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: As doenças inflamatórias intestinais (DIIs), doença de Crohn (DC) e colite ulcerosa (CU), cursam frequentemente com manifestações extraintestinais (MEIs). As MEIs podem relacionar-se com a atividade da doença a nível intestinal ou ser independentes desta. As manifestações cutâneas representam um dos tipos de MEIs mais comuns e surgem habitualmente após a manifestação de sintomas intestinais da doença, mas podem mesmo constituir o primeiro sinal de DII e despoletar o seu diagnóstico. As lesões cutâneas variam de manifestações com as mesmas características histopatológicas da DII, como a DC metastática, até lesões induzidas pelo tratamento da DII, como as lesões paradoxais induzidas por fármacos anti-fator de necrose tumoral, do inglês tumor necrosis factor (TNF). Em termos de gravidade, podem ser ligeiras ou mesmo severas e debilitantes. O tratamento depende da associação das manifestações cutâneas com a atividade da doença intestinal, podendo ser dirigido à doença sistémica, às manifestações cutâneas ou a ambas. Atendendo à frequência do surgimento de manifestações cutâneas no contexto das DIIs e à gravidade de algumas destas manifestações, neste trabalho faz-se uma revisão da literatura acerca das manifestações cutâneas de DII, desde a epidemiologia até ao tratamento, destacando-se a importância de não negligenciar estas manifestações, que podem mesmo constituir o primeiro sinal de uma DII por diagnosticar. .
Inflammatory bowel diseases (IBD), Crohn’s disease (CD) and ulcerative colitis (UC), are frequently associated with extraintestinal manifestations (EIM). These extraintestinal manifestations may parallel the activity of the intestinal disease or even run an independent course. Cutaneous manifestations of IBD represent one of the most common forms of EIM of IBD. Cutaneous lesions vary from manifestations with the same histopathological features of the underlying bowel disease, including metastatic CD, to lesions induced by drugs used in the treatment of IBD, such as paradoxical lesions induced by anti-tumor necrosis factor (TNF) agents. The lesions range from mild to severe and debilitating. Treatment options vary depending on the association of the cutaneous manifestations with the underlying intestinal disease activity. Treatment can target the systemic disease, it can be directed to the cutaneous lesions or, in some cases, both. This review summarizes the cutaneous manifestations of IBD, from epidemiology to treatment, considering the frequency and the severity of some of these manifestations. It is important not to neglect these manifestations, that might even be the first sign of an underlying undiagnosed IBD. .
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98388
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Sofia Lobato Carvalho_2015244822_Trabalho Final_MIM.pdf648.14 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

52
checked on Aug 19, 2022

Download(s)

37
checked on Aug 19, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons