Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98352
Title: Adaptação e Validação do instrumento PHQ-4 para Português Europeu e Sobrecarga Psicológica pela Gestão da Multimorbilidade em Medicina Geral e Familiar na Região Centro de Portugal
Other Titles: Cross-cultural adaptation and validation of the PHQ-4 screnning tool in European Portuguese and the Psychological Burden caused by the management of Multimorbidity in General and Family Medicine in Central Portugal
Authors: Rodrigues, Marta Coutinho
Orientador: Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Keywords: Ansiedade; Depressão; PHQ-4; EQ-5D; SoGeMM-MGF; Anxiety; Depression; PHQ-4; EQ-5D; SoGeMM-MGF
Issue Date: 14-Jan-2021
Serial title, monograph or event: Adaptação e Validação do instrumento PHQ-4 para Português Europeu e Sobrecarga Psicológica pela Gestão da Multimorbilidade em Medicina Geral e Familiar na Região Centro de Portugal
Place of publication or event: FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA
Abstract: Introdução: A PHQ-4 é uma escala originalmente validada em inglês capaz de avaliar o estado psicológico de um indivíduo, em termos de ansiedade, depressão e distress. Objetivos: Tradução e adaptação cultural da PHQ-4 para Português Europeu. Validação concorrente e simultânea com as escalas EQ-5D e SoGeMM-MGF numa população de médicos.Métodos: Para a adaptação cultural da escala PHQ-4 realizou-se a tradução, verificação linguística e retrotradução, avaliando-se a compreensibilidade, a consistência interna e fiabilidade. Seguidamente procedeu-se à validação concorrente e simultânea com a escala EQ-5D e com a subescala “Sentimentos Negativos” do SoGeMM-MGF, numa amostra de médicos especialistas e internos de formação específica em MGF a exercer funções em ACES sob gestão da ARS do Centro. O protocolo de recolha de dados realizou-se através da divulgação de um questionário nas redes sociais de MGF e incluiu além das 3 escalas, a aquisição de informações epidemiológicas. Foi realizada estatística descritiva e inferencial, segundo a normalidade dos dados.Resultados: Na primeira fase do estudo participaram um total de 46 participantes (50% do sexo feminino, 39,1% com idade inferior a 35 anos). A PHQ-4 apresentou um alfa de Cronbach de 0,762 (teste) e 0,764 (re-teste), revelando boa consistência interna. Na segunda fase do estudo participaram um total de 91 médicos (28,6% do sexo masculino; 78,9% com menos de 45 anos). A sua validade convergente foi demostrada pela correlação positiva e significativa com a escala EQ-5D (Coeficiente de Spearman = 0,577; Significância<0,001) e com a subescala “Sentimentos Negativos” do SoGeMM-MGF (Coeficiente de Spearman = 0,518; Significância <0,001).Discussão: Este trabalho é fundamentalmente adaptado à área da Medicina Geral e Familiar, que é a especialidade que lida mais com a multimorbilidade. Deverá expandir-se a aplicação da escala PHQ-4 a outras especialidades médicas. A validação de uma escala sendo um processo contínuo implica mais estudos em outros contextos populacionais. Conclusões: O PHQ-4 revelou ser um instrumento válido e fiável, permitindo conhecer atempadamente e sem grande esforço o estado psíquico dos médicos, em termos de ansiedade, depressão e distress.
Introduction: PHQ-4 is a four-point Likert-type scale originally validated in English to measure anxiety, depression and distress as markers of mental health. Objectives: Cross-cultural adaptation and validation of the PHQ-4 screening tool to European Portuguese. Co-validation with the EQ-5D and the SoGeMM-MGF scales in a population of GP/FM doctors. Methods: PHQ-4 scale was translated to European Portuguese and, after linguistic verification, retro-translated to the original (English) version. Understandability, internal consistency and reliability of the final translated tool were also evaluated. The cross-culturally adapted PHQ-4 scale was then co-validated with the EQ-5D scale and the “Sentimentos Negativos – Negative Feelings” sub-scale (part of the SoGeMM-MGF scale) in a convenience population of GP/FM specialists and internees practicing in Central Portugal. Study participants were enrolled from GP/FM-related social media groups and asked to answer a questionnaire composed of the above-mentioned scales and a list of epidemiological questions as part of the data collection protocol. Descriptive and inferential statistics were used, following assumption of normality.Results: A total of 46 participants (50% women, 39.1% less than 35 years) were enrolled in the first phase of the study. The PHQ-4 scale showed good internal consistency, with a Cronbach’s Alfa of 0.762 (test) and 0.764 (retest). The second phase included 91 participants (28.5% men, 78.9% less than 45 years). The convergent validity of the PHQ-4 scale was confirmed by the positive, significant correlation with the EQ-5D scale (Spearman’s coefficient=0.577; Significance <0.001) and with the “Sentimentos Negativos – Negative Feelings” subscale (Spearman’s coefficient =0.518; Significance <0.001).Discussion: In this study, the PHQ-4 scale was adapted to support in GP/FM – the medical speciality more directly exposed to Multimorbidity. The use of this screening tool should be expanded to other medical specialities, bearing in mind that the development and validation of such a scale is a continuous process that requires further studies in different populations. Conclusion: PHQ-4 scale was proved to be a valid and reliable screening tool in assessing, in a timely and effortless way, anxiety, depression and distress as part of doctors’ mental health.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98352
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
MARTA RODRIGUES - VERSÃO FINAL.pdf1.85 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

99
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

14
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons