Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/97286
Title: Ruínas Romanas de Troia: Estruturas de visita e proteção aos vestígios arqueológicos da orla costeira
Other Titles: Roman Ruins of Troia: Structures for visiting and protecting the archaeological remains of the coastline
Authors: Oliveira, Inês Costa de
Orientador: Santarém, João Paulo Mendes Seiça da Providência
Keywords: Arqueologia acessível e visitável; Valorização da Memória; Conservação Arqueológica; Proteção de Zona Costeira e Sistema Dunar; Palafitas; Accessible and Visitable Archeology; Valorization of Memory; Archaeological Conservation; Protection of Coastal Zone and Dune System; Stilts
Issue Date: 23-Sep-2021
Serial title, monograph or event: Ruínas Romanas de Troia: Estruturas de visita e proteção aos vestígios arqueológicos da orla costeira
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: Entre os séculos I e VI, ocorreu um momento próspero com a presença dos romanos junto à foz do rio Sado. Estabeleceram a cidade de Cetóbriga (Setúbal) e desenvolveram em Troia o que é, atualmente, o maior sítio arqueológico escavado com vestígios de um complexo romano de fabricação de conservas de peixe do mundo – o Sítio Arqueológico de Troia.A Península de Troia representa uma barreira entre o oceano atlântico e o rio Sado e, por sua vez, tem uma caldeira com 2.5 km de comprimento, que comunica com o estuário e está sujeita à influência das marés, que a enchem e esvaziam, deixando à mostra o sapal e os fundos lodosos. Este elemento atribui características especiais a esta paisagem com fauna e flora diversa.Na margem estuarina da península encontram-se diversas construções romanas expostas à ação direta e indireta de fatores naturais como as ondas, marés, vento e salinidade. Devido à ação conjugada do vento de quadrante norte, das marés e chuvas, os vestígios têm sofrido um efeito erosivo que os põe a descoberto e os destrói lentamente, o que faz com que o areal que o envolve esteja repleto de materiais soltos das ruínas – spolea. Esta realidade origina também um transporte de sedimentos que resulta num desgaste nas praias a norte da restinga e provoca mais erosão, transportando sedimentos para a zona mais interior do estuário.A presente dissertação tem por objetivo propor meios de preservação, proteção e valorização destes vestígios arqueológicos que se encontram na orla costeira da península. Pretende-se ainda estimular a preservação do conhecimento e da consciência coletiva do bem, através da proposta de um percurso de visita mais abrangente, que integra os valores paisagísticos, ambientais e arquitetónicos, com recurso a uma estratégia sustentável, não invasiva, reversível e com recurso a material e técnicas rudimentares e respeitadoras do ambiente. Assim, surgem diversos passadiços de madeira que simultaneamente aproximam as pessoas da natureza e permitem que as dunas sejam preservadas através do seu não pisoteio, articulando as áreas naturais e de uso não exclusivamente turístico e disponibilizando novos pontos de observação da envolvente, para que os visitantes do sítio possam vivenciar uma experiência mais rica e ilustrativa daquele complexo industrial. Os passadiços passam a representar um instrumento que possibilita o conhecimento do local, a observação da sua envolvente natural e a proteção dos vestígios arqueológicos, articulando os diversos ambientes naturais: as praias atlânticas, a caldeira e respetivas margens e a zona do estuário do Sado, com as suas margens e praias.Procura-se a valorização deste património através da preservação da sua memória.
Between the 1st and 6th centuries, there was a prosperous moment with the presence of the Romans at the mouth of the river Sado. They established the city of Cetóbriga (Setúbal) and developed in Troia what is currently the largest archaeological site excavated with remains of a Roman complex for the manufacture of canned fish in the world – the Archaeological Site of Troia.The Troia Peninsula represents a barrier between the Atlantic Ocean and the Sado river and, in turn, has a caldera 2.5 km long, which communicates with the estuary and is subject to the influence of the tides, which fill and empty it, leaving it exposed the salt marsh and the muddy bottoms. This element attributes special characteristics to this landscape with diverse fauna and flora.On the estuary bank of the peninsula there are several Roman buildings exposed to the direct and indirect action of natural factors such as waves, tides, wind and salinity. Due to the combined action of the north wind, tides and rains, the remains have suffered an erosive effect that exposes them and slowly destroys them, which makes the sand that surrounds it to be full of loose materials from the ruins - spolea. This reality also causes a transport of sediments that results in wear on the beaches north of the restinga and causes more erosion, transporting sediments to the innermost part of the estuary.This dissertation aims to propose means of preservation, protection and enhancement of these archaeological remains that are found on the coastline of the peninsula. It is also intended to stimulate the preservation of knowledge and collective awareness of the good, through the proposal of a more comprehensive visit route, which integrates the landscape, environmental and architectural values, using a sustainable, non-invasive, reversible and with use of rudimentary and environmentally friendly material and techniques. Thus, there are several wooden walkways that simultaneously bring people closer to nature and allow the dunes to be preserved by not being trampled, articulating the natural areas and not exclusively for tourist use and providing new observation points of the surroundings, for visitors the site can experience a richer and more illustrative experience of that industrial complex. The walkways now represent an instrument that enables knowledge of the site, observation of its natural surroundings and protection of archaeological remains, articulating the various natural environments: the Atlantic beaches, the caldera and its banks and the Sado estuary area, with its shores and beaches.It seeks to enhance this heritage through the preservation of its memory.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitetura apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/97286
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Inês Costa de Oliveira.pdf40.58 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

43
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

14
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons