Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/97279
Title: Gestão da Mudança: Um estudo empírico sobre a Cultura de Desenvolvimento na Administração Pública
Other Titles: Change Management: An Empirical Study on the Culture of Development in Public Administration
Authors: Santana, Paula Amorim de
Orientador: Santos, Maria do Céu Colaço
Keywords: reforma administrativa; administração pública; cultura organizacional; mudança organizacional; cultura de desenvolvimento; administrative reform; public administration; organizational culture; organizational change; development culture
Issue Date: 13-Dec-2021
Serial title, monograph or event: Gestão da Mudança: Um estudo empírico sobre a Cultura de Desenvolvimento na Administração Pública
Place of publication or event: Faculdade de Direito-Coimbra
Abstract: Atualmente a temática das reformas administrativas são uma constante na administração pública e no cotidiano dos cidadãos. A necessidade da modernização da administração pública exige um ambiente de trabalho cada vez mais preparado e receptivo às mudanças. Por sua vez, as mudanças organizacionais geradas por esses movimentos, impactam diretamente no ambiente de trabalho e na relação dos trabalhadores com seu universo laboral. Nesse sentido, para acompanhar as necessidades de reformas e modernização da administração pública é preciso estudar o ambiente onde se inserem os trabalhadores. Logo, estudar a cultura organizacional parece ser necessário para a implementação e sucesso das reformas administrativas. Nesta perspectiva, a cultura de desenvolvimento destacou-se como um possível modelo de cultura organizacional direcionada para as novas demandas da administração pública. Assim, este trabalho pretendeu analisar a importância da cultura organizacional, mais especificamente a cultura de desenvolvimento destacando o seu papel fundamental nas mudanças organizacionais e nos movimentos das reformas administrativas. Para a realização deste estudo foi aplicado um inquérito on-line numa administração pública brasileira com a finalidade de analisar a percepção dos trabalhadores dessa instituição no sentido de perceber que fatores podem influenciar a cultura de desenvolvimento, legitimando assim, a busca para uma organização mais interessada e envolvida com as propostas das reformas administrativas.Os resultados indicam que fatores como o compromisso organizacional afetivo, a clareza dos objetivos, o clima de inovação, e o treinamento e desenvolvimento influenciam positivamente para a cultura de desenvolvimento. Nesta linha compreende-se a importância das técnicas de gestão de recursos humanos e de uma liderança mais empenhada e envolvida que propiciem um ambiente organizacional favorável para assegurar mudanças, em particular, proporcionar uma cultura organizacional receptiva a adaptar-se e a implementar as reformas administrativas.
Currently, the theme of administrative reforms is a constant in public administration and in the daily lives of citizens. The need to modernize public administration requires a work environment that is increasingly prepared and receptive to change. In turn, the organizational changes generated by these movements directly impact the work environment and the relationship of workers with their working universe. In this sense, in order to accompany the needs for reforms and modernization of public administration, it is necessary to study the environment in which workers live. Therefore, studying organizational culture seems to be necessary for the implementation and success of administrative reforms.In this perspective, the development culture stood out as a possible model of organizational culture aimed at the new demands of public administration. Thus, this work aimed to analyze the importance of organizational culture, more specifically the development culture, highlighting its fundamental role in organizational changes and in the movements of administrative reforms.To carry out this study, an online survey was applied in a Brazilian public administration in order to analyze the perception of workers in this institution in order to understand which factors can influence the culture of development, thus legitimizing the search for a more interested organization. and involved with proposals for administrative reforms.The results indicate that factors such as affective organizational commitment, clear objectives, innovation climate, and training and development positively influence the development culture. In this line, we understand the importance of human resource management techniques and a more committed and involved leadership that provide a favorable organizational environment to ensure change, in particular, to provide a receptive organizational culture to adapt to and implement administrative reforms.
Description: Dissertação de Mestrado em Administração Público-Privada apresentada à Faculdade de Direito
URI: http://hdl.handle.net/10316/97279
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação - Paula Amorim de Santana.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

57
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

45
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons