Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96699
Title: APTIDÃO FÍSICA, MOTIVAÇÃO E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO ENTRE PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE BOCCIA SÉNIOR
Other Titles: PHYSICAL FITNESS, MOTIVATION AND QUALITY OF LIFE: A STUDY BETWEEN PRACTITIONERS AND NON-PRACTITIONERS OF SENIOR BOCCIA
Authors: Silva, Isabel Reis Belo da
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Ferreira, José Pedro Leitão
Keywords: Atividade física; Boccia Sénior; Envelhecimento; Qualidade de Vida; Motivação; Physical activity; Senior Boccia; Aging; Quality of Life; Motivation
Issue Date: 25-Feb-2021
Serial title, monograph or event: APTIDÃO FÍSICA, MOTIVAÇÃO E QUALIDADE DE VIDA: ESTUDO ENTRE PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE BOCCIA SÉNIOR
Place of publication or event: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física - Universidade de Coimbra
Abstract: O estudo teve como objetivo estudar a influência da prática da modalidade de Boccia na população sénior em relação à aptidão física, motivação e qualidade de vida e se esta prática tem um impacto positivo nas suas vidas. Para a obtenção dos dados, foram aplicados dois questionários aos 18 participantes, sendo 8 praticantes e 10 não praticantes da modalidade: Instrumento de Avaliação da Qualidade de Vida [IAQdV (2009)] e o Goal Content for Exercise Questionnaire portuguese [GCEQp (2013)]. A amostra é composta por indivíduos de ambos os géneros residentes em lares ou que frequentem centro de dia, com idades compreendidas entre os 63 e os 96 anos de idade. Foi utilizado o SPSS 26.0 para a análise e tratamento de dados. Não se verificaram diferenças estatisticamente significativas na globalidade dos fatores estudados de acordo com a prática da modalidade. Contudo, existem diferenças estatisticamente significativas entre os indivíduos do género feminino que praticam em relação ao fator “saúde e doença” (sig=0,009), do IAQdV (2009), em relação aos indivíduos do género feminino que não praticam, podendo estes ter uma melhor sensação em relação ao fator apresentado. Observou-se também um valor marginal no que diz respeito ao fator “relações sociais” (sig=0,064), do IAQdV (2009). Foram observadas 15 correlações estatisticamente significativas, fortes e positivas, nos fatores do GCEQp [(2013) (manutenção da saúde, desenvolvimento das capacidades, afiliação social, objetivos e imagem e reconhecimento social)] e nos fatores do IAQdV [(2009) (saúde e doença, vida independente, relações sociais, sentidos e bem-estar psicológico)]. Os indivíduos do estudo deram uma maior importância ao fator “vida independente” e, devido às suas idades, quando melhor a sua independência, melhor a sua qualidade de vida, havendo assim uma ligação entre a prática de atividade física com a qualidade de vida. No presente estudo, existem diferenças nos sujeitos do género feminino que praticam e não praticam Boccia em relação à qualidade de vida.
The study aimed to study the influence of the practice of the Boccia modality in the senior population in relation to physical fitness, motivation and quality of life and whether this practice has a positive impact on their lives. To obtain the data, two questionnaires were applied to the 18 participants, 8 practitioners and 10 non-practitioners of the modality: Quality of Life Assessment Instrument [IAQdV (2009)] and the Goal Content for Exercise Questionnaire portuguese [GCEQp (2013)]. The sample consists of individuals of both genders living in homes or attending day care centers, aged between 63 and 96 years old. SPSS 26.0 was used for data analysis and treatment. There were no statistically significant differences in the totality of the factors studied according to the practice of the modality. However, there are statistically significant differences between female individuals who practice in relation to the factor “health and illness” (sig = 0.009), from the IAQdV (2009), in relation to female individuals who do not practice, and these may have a better feeling in relation to the presented factor. A marginal value was also observed with regard to the factor “social relations” (sig = 0.064), from IAQdV (2009). There were 15 statistically significant, strong and positive correlations in the factors of the GCEQp [(2013) (health maintenance, capacity development, social affiliation, objectives and image and social recognition)] and in the factors of the IAQdV [(2009) (health and disease, independent life, social relationships, senses and psychological well-being)]. The individuals in the study gave greater importance to the “independent life” factor and, due to their ages, the better their independence, the better their quality of life, thus having a connection between the practice of physical activity and the quality of life. In the present study, there are differences in the female subjects who practice and do not practice Boccia in relation to quality of life.
Description: Dissertação de Mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/96699
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_Isabel Silva.pdf1.76 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

47
checked on Dec 24, 2021

Download(s)

19
checked on Dec 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons