Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96670
Title: Perceção dos Treinadores de Elite Nacional sobre Treino e Formação de Guarda-Redes de Futebol
Other Titles: Perception of National Elite Coaches on Training and Youth Development of Soccer Goalkeepers
Authors: Cachulo, Eduardo Rafael Ribeiro
Orientador: Figueiredo, António José Barata
Mendes, Rui Manuel Sousa
Keywords: Futebol; Guarda-Redes; Treino Desportivo; Modelo de Formação; Talento Desportivo; Soccer; Goalkeeper; Sports Training; Youth Long-term Development; Sports Talent
Issue Date: 25-Mar-2020
Serial title, monograph or event: Perceção dos Treinadores de Elite Nacional sobre Treino e Formação de Guarda-Redes de Futebol
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Objetivo: A investigação visou a validação de um guião de uma entrevista semiestruturada e respetiva aplicação a treinadores com experiência no treino e formação de Guarda-Redes (GR) de Futebol. Pretendeu-se analisar e compreender a visão dos entrevistados quanto às principais temáticas relevantes no treino específico deste jogador: 1) Metodologia e características de um microciclo-padrão de treino de GR, 2) Perfil do GR talentoso, 3) Treino e formação de GR a longo prazo, e, 4) Competências do treinador de GR e sua formação. Metodologia: Foram entrevistados quatro treinadores com anos de experiência na coordenação e no treino de GR de futebol, no presente a trabalhar em quatro clubes de futebol da 1ª Liga em Portugal. A primeira versão do guião da entrevista, desenvolvida em função do tema e da revisão da literatura foi revisto por dois Professores Doutores em Ciências do Desporto. Foram ainda, realizadas entrevistas piloto a dois treinadores de GR de futebol, com experiência de treino em escalões de formação e em futebol sénior, testando os procedimentos metodológicos de aplicação da entrevista na sua versão definitiva. Resultados: Os entrevistados defenderam que o treino de GR de futebol deve dotá-lo de ferramentas que potenciem a sua ação no jogo, revelando os pressupostos que norteiam o seu trabalho, em especial o microciclo padrão. Enaltecendo as características do GR talentoso, os treinadores entrevistados referem-se à necessidade de estruturar o treino de GR a longo prazo em várias etapas de formação, considerando os atributos e as necessidades das crianças e dos jovens durante o seu desenvolvimento. No quadro das competências do treinador de GR, para além das aptidões em relação ao próprio treino, destaca-se que o mesmo deve ter capacidade de liderança do subgrupo dos GR, em sinergia com a gestão do treinador principal, criando uma relação interpessoal forte com os GR. Conclusões: Os requisitos associados ao treino de GR, bem como a identificação e desenvolvimento de GR talentosos, devem integrar as exigências e preocupações das estruturas técnicas dos clubes de futebol, através da nomeação de treinadores de GR. Importa que os treinadores de GR sejam reconhecidos na sua função, tenham a sua profissão certificada e acesso a formação específica autenticada por entidades competentes.
Aim: The investigation aimed to validate a script for a semi-structured interview and its application to coaches with experience in Soccer Goalkeeper (GK) training and youth GK development. It was intended to analyze and understand the view of the interviewees regarding the main relevant topics in the specific training of this player: 1) Methodology and characteristics of a standard microcycle of GK training, 2) Profile of the talented GK, 3) Training and youth GK long-term development, and, 4) GK coach skills and formation. Methodology: Four coaches with several years of experience in Soccer Goalkeeper training and coordination youth GK development were interviewed, currently working in four football clubs of the 1st League in Portugal. The first version of the interview guide, developed according to the theme and the literature review, was reviewed by two PhD in Sports Sciences. Pilot interviews were also conducted with two GK coaches, with training experience in youth GK training and senior soccer, testing the methodological procedures for applying the interview in its definitive version. Results: The interviewees argued that the GK training should provide GK with tools that enhance their action in the game, revealing the assumptions that guide their work, especially the standard microcycle. Praising the characteristics of the talented GK, the coaches interviewed refer to the need to structure the GK training in the long term in several stages of training, considering the attributes and needs of children and young people during their development. In terms of the skills of the GK coach, in addition to the skills in relation to the training itself, it is emphasized that the same should have leadership capacity of the GK subgroup, in synergy with the management of the main coach, creating a strong interpersonal relationship with GK. Conclusions: The requirements associated with GK training, as well as the identification and development of talented GK, must integrate the requirements and concerns of the technical structures of football clubs, through the nomination of GK coaches. It is important that GK coaches are recognized in their role, have their profession certified and have access to specific professional qualification authenticated by competent entities.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/96670
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_EduardoCachulo.pdf5.95 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Dec 24, 2021

Download(s)

6
checked on Dec 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons