Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96644
Title: DETEÇÃO E ANÁLISE DE ESTRUTURAS REGULARES DE COMPORTAMENTO NAS SEQUÊNCIAS OFENSIVAS EFICAZES NO JOGO DE FUTEBOL
Other Titles: DETECTION AND ANALYSIS OF REGULAR STRUCTURES OF BEHAVIOR IN EFFECTIVE OFFENSIVE SEQUENCES IN FOOTBALL GAME
Authors: Vilaça, João Pedro Moreira
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Keywords: Ação de jogo; Alto Rendimento; Processo Ofensivo; Futebol Jovem; Golo; Game action; High yield; Attack Process; Junior Soccer; Goal
Issue Date: 27-Mar-2020
Serial title, monograph or event: DETEÇÃO E ANÁLISE DE ESTRUTURAS REGULARES DE COMPORTAMENTO NAS SEQUÊNCIAS OFENSIVAS EFICAZES NO JOGO DE FUTEBOL
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo teve como objetivo principal analisar as ações ofensivas que terminavam com eficácia (golo) nas equipas júniores e séniores do FC Porto (FCP) e SL Benfica (SLB). Recorreu- se à metodologia observacional para a recolha de dados, mediante um desenho de estudo nomotético/seguimento/multidimensional. Foram registadas as sequências ofensivas de 147 golos, correspondendo a 60 golos do FCP e 87 do SLB, da época desportiva 2018/19. Para a realização da análise sequencial de retardos foi utilizado o software SDIS-GSEQ. Para validação dos dados, usamos o programa IMB SPSS Statistics. Globalmente, os resultados mostraram que: i) na fase ofensiva, existem condutas que mantêm uma relação excitatória com determinadas condutas em detrimento de outras, permitindo a determinação de padrões sequenciais de conduta e relações excitatórias de umas condutas em relação a outras que as antecedem ou sucedem; ii) o setor medio ofensivo emerge como a zona do campo onde ocorreu um maior número recuperações da posse de bola; iii) descrição completa de todos os dados que antecedem o golo; iv) existem relações excitatórias que certas condutas mantêm entre si e que aumentam a probabilidade de transições positivas para finais das sequências ofensivas que terminam em golo; v) os padrões sequenciais detetados revelam caraterísticas especificas das equipas sob estudo. Através deste estudo foi possível concluir que, nas jogadas que terminam em golo, a maior parte das recuperações de bola são feitas por interceção, no meio campo ofensivo. Concluímos ainda que, o tipo de recuperações de bola e suas zonas, indicam que estas equipas tendem a controlar, maioritariamente, a posse de bola no meio campo adversário. O contra-ataque parece ser o método de jogo que, com mais frequência induz finais de ação ofensiva com sucesso (golo). A zona de maior preferência para a finalização, é a zona da área de penálti adversária, sendo que ambas as equipas realizaram, com maior frequência, sequências que englobam um conjunto de 3/4 passes para obtenção de golo.
The present study had as main goal to analyze the attacks that ended with effectiveness (goal) in the junior and senior teams of FC Porto (FCP) and SL Benfica (SLB). Observational methodology was used for data collection, using a nomothetic/ follow-up/ multidimensional study design. The attacks sequences of 147 goals were recorded, corresponding to 60 goals from FCP and 87 fromSLB, of the 2018/19 sports season. To perform the sequential analysis of delays, the SDIS-GSEQ software was used. For data validation, we use the IMB SPSS Statistics program. Overall, the results showed that: i) In the attack phase, there are conducts that maintain an excitatory relationship with certain conducts at the expense of others, allowing the determination of sequential patterns of conduct and excitatory relationships of some conducts in relation to others that precede or succeed them. ii) The middle attack area emerges as the area of the field where there was a greater number of recoveries of the ball. iii) Complete description of all data that precede the goal. iv) There are excitatory relationships that certain conducts maintain among themselves and that increase the probability of positive transitions to the end of the attack sequences that end in goal. v) The sequential patterns detected revealed specific characteristics of the teams under study. Through this study it was possible to conclude that, in plays that end ingoal, most of the ball recoveries are made by interception, in the attack midfield. We also concluded that, the type of ball recoveries and their zones, indicate that these teams tend to control, mostly, the possession of the ball in the opponent's midfield. Counterattack appears to be the method of play that most often induces successful attack actions (goals). The most preferred area for the finishing is the opponent's penalty area, with both teams making more frequent sequences that comprise a set of 3/4 passes to get a goal.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/96644
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO Vilaça 2015259327(1).pdf931.01 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Dec 24, 2021

Download(s)

1
checked on Dec 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons