Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96555
Title: A cerâmica utilitária dos níveis de abandono de uma oficina de salga em Ossonoba (Faro)
Other Titles: Utilitarian ware from the abandonment levels of a fish preparation workshop in Ossonoba (Faro)
Authors: Barbosa, Luís Miguel Ribeiro
Orientador: Silva, Ricardo Jorge Costeira da
Keywords: Ossonoba (Faro); oficina de salga; níveis tardios de abandono; cerâmica utilitária; Ossonoba (Faro); fish preparation workshop; late abandonment levels; utilitarian ware
Issue Date: 21-Jul-2021
Serial title, monograph or event: A cerâmica utilitária dos níveis de abandono de uma oficina de salga em Ossonoba (Faro)
Place of publication or event: Faro
Abstract: Uma escavação arqueológica realizada na área ribeirinha de Faro (Rua Francisco Barreto, n.º 32) permitiu identificar uma nova unidade de preparados de peixe, integrada numa zona de cariz industrial da antiga cidade romana de Ossonoba. Enquanto decorre o estudo global da intervenção, é possível perceber a existência de oito cetárias que se distribuem em redor de um pátio central e de outros pequenos compartimentos articulados entre si, desativados durante o séc. VI d.C.O presente estudo que se apresenta incide nos níveis de colmatação das cetárias e de abandono do sítio, onde foi possível recuperar um conjunto diverso de espólio maioritariamente cerâmico. De todo o conjunto selecionaram-se todos os fragmentos de cerâmica doméstica comum (que preferimos designar por cerâmica utilitária) e que, nesta dissertação, constituem o objeto de análise.A partir de uma análise macroscópica, foi possível agrupar o conjunto em 7 fabricos distintos que conferem, por sua vez, três grupos de diferentes proveniências. Para cada fabrico ou grupo tecnológico apresenta-se a análise morfo-tipológica e funcional, tendo também como referência a base percentual e o número mínimo de indivíduos.As características do conjunto, onde se destaca a diversidade de fabricos e riqueza tipológica, enquadra-o naquilo que, por norma, se tem verificado no território algarvio, especialmente em zonas costeiras e noutras oficinas de salga conhecidas. Sendo Ossonoba uma das cidades portuárias mais importantes do Sul da Lusitânia, era previsível a presença de produções oriundas de diversas zonas banhadas pelo Mediterrâneo. Neste caso, valorizam-se as relações de proximidade com o golfo de Cádiz ou a existência de contactos com zonas mais distantes como o Norte de África. Mesmo através da cerâmica utilitária verifica-se que Ossonoba se encontrava bem posicionada e integrada neste mare Nostrum.
An archaeological excavation carried out in the riverside area of Faro (Rua Francisco Barreto, nº 32) was able to identify a new fish preparation workshop, incorporated in a zone with an industrial character of the ancient roman city, Ossonoba. While the global study of the intervention was underway, it was possible to notice the presence of eight fish salting tanks, that were distributed around a central courtyard and other small compartments articulated among themselves, which were deactivated during the 6th century AD. The present study focuses on the clogging and abandonment levels of the archaeological site, where it was possible to recover a diverse set of archaeological materials, which were mostly ceramics. From the whole set, all fragments of common ware (we preferred to designate it utilitarian ware) were selected and constitute in the present study the object of analysis. Through the macroscopic analysis it was possible to group the set in 7 distinct types, that were consequently divided into 3 groups according to the provenance. For each type or technological group, we presented the morpho-typology as well as the functional analysis, while also taking into consideration the base percentage in addition to the minimum number of individuals. The characteristics of the ensemble, which highlights the diversity of the types and typological richness, fits in what has usually been observed in the Algarve territory, especially in coastal areas and other known fish salting workshops. Being Ossonoba one of the most important port cities in the south of Lusitania, it was predictable the presence of ceramic productions from different areas bathed in the Mediterranean Sea. In this case, the proximity relations with the gulf of Cádiz or the existence of contacts with more distant areas such as the North of Africa are valued. Even through the utilitarian ware we can see that Ossonoba was a very well positioned and integrated in the so-called mare Nostrum.
Description: Dissertação de Mestrado em Arqueologia e Território apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/96555
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
LuisBarbosa_versaofinal.pdf6.55 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

19
checked on Dec 24, 2021

Download(s)

2
checked on Dec 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons