Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96519
Title: Impacto da COVID-19 no Planeamento do Estudo e na Saúde Mental nos Estudantes do Ensino Superior
Other Titles: Impact of COVID-19 on Study Planning and Mental Health in University Students
Authors: Ribeiro, Marco André Pinto
Orientador: Ferro, Maria Jorge Santos Almeida Rama
Keywords: Saúde Mental; Planeamento do Estudo; Pandemia; COVID-19; Estudantes Universitários; Mental Health; Planning of Study; Pandemic; COVID-19; University Students
Issue Date: 22-Jul-2021
Serial title, monograph or event: Impacto da COVID-19 no Planeamento do Estudo e na Saúde Mental nos Estudantes do Ensino Superior
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: A saúde mental entre os estudantes do Ensino Superior tem sido um assunto estudado, ao longo dos anos, por diferentes investigadores um pouco por todo o mundo. O novo coronavírus veio trazer todo um novo paradigma no que respeita a este assunto, com um forte impacto em toda a população, não sendo exceção os estudantes universitários. Apesar de ser ainda uma total novidade as consequências que a COVID-19 pode trazer ao bem-estar psicológico destes indivíduos e não só, é importante saber desde já os efeitos que os mesmos estão a sentir com a mudança de regime de aprendizagem e as adaptações que tiveram de fazer ao seu dia-a-dia no que toca à sua vida universitária e ao planeamento do seu estudo.Esta investigação teve como objetivo analisar a influência da pandemia COVID- 19 no planeamento do estudo por parte dos estudantes universitários devido às mudanças que existiram no modelo de aprendizagem e, paralelamente, as repercussões que a mesma teve na saúde mental da população envolvida no estudo. Para tal, foi recolhida uma amostra de 134 estudantes do Ensino Superior de vários pontos do país e de diversas universidades, à qual foi pedida a resposta a um questionário, procedendo-se à análise do mesmo. Os resultados demonstraram que apesar de sentirem que de alguma forma foram prejudicados devido a todas as alterações vinculadas à pandemia, a nível do planeamento do estudo não foram encontradas grandes alterações por parte dos estudantes que já realizavam esse mesmo planeamento pré-pandemia. Contrariamente, no que diz respeito à saúde mental, foram encontradas evidências que a pandemia teve um impacto significativamente negativo nos estudantes universitários, no que toca a factores como ansiedade, padrões sono, variações de humor e sentimento de solidão.É possível constatar nesta investigação que a pandemia, de uma forma geral, teve um impacto negativo nos estudantes que frequentam o ensino superior, onde todas as alterações resultantes do COVID-19 afetaram de alguma maneira, tanto o seu desempenho escolar, como também o seu bem-estar psicológico.
Mental health among university students has been a subject studied, over the years, by different researchers all over the world. The new coronavirus has brought a whole new paradigm with regard to this subject, with a strong impact on the entire population, with no exception for university students. Although the consequences that COVID-19 can bring to the psychological well-being of these individuals and beyond are still a complete novelty, it is important to know right now the effects that they are feeling with the change in the learning regime and the adaptations that they had to do in their day-to-day life with regard to their university life and the planning of their study.This study aimed to analyze the influence of the COVID-19 pandemic on the planning of the study by university students due to the changes that existed in the learning model and, in parallel, the repercussions that it had on the mental health of the population involved in the study. To this end, a sample of 134 University Students from different parts of the country and from several universities was collected, which was asked to answer a questionnaire, proceeding to the analysis. The results showed that, despite feeling that, in some way, they were harmed by all the changes linked by the pandemic, in terms of the study planning, there were no major changes on the part of the students who were already carrying out the same pre-pandemic planning. In contrast, regarding to the mental health, evidence was found that the pandemic had a significant and negative impact on university students, with regard to factors such as anxiety, sleep patterns, mood swings and feelings of loneliness.It was concluded in this investigation that the pandemic, in general, had a negative impact on university students, where all the changes resulting from COVID-19 affected in some way, both their school performance, as well as their psychological well- being.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/96519
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Marco FIM.pdf942.73 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons