Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96416
Title: Maria Monforte e Tomás de Alencar: personagens da vida romântica
Authors: Vogler, Bianca do Rocio
Orientador: Reis, Carlos António Alves dos
Keywords: Maria Monforte; Tomás de Alencar; Romantismo; Adaptação audiovisual; Personagem ficcional; Estudos narrativos
Issue Date: 30-Jul-2021
Abstract: Na pesquisa que aqui apresentamos, tem-se por objetivo examinar a construção das personagens Maria Monforte e Tomás de Alencar no romance Os Maias: episódios da vida romântica – publicado em 1888 –, de Eça de Queirós, e, a partir desse exame, realizar uma análise do modo como as mesmas são refiguradas em duas adaptações desse texto literário. Tais adaptações são a minissérie Os Maias – exibida em 2001 e lançada em DVD, com edição do diretor, em 2004 –, com roteiro de Maria Adelaide Amaral e direção de Luiz Fernando Carvalho, e o filme Os Maias: cenas da vida romântica – lançado nos cinemas portugueses em 2014, como minissérie na televisão em 2015, como DVD em 2015 e com a versão integral em DVD em 2016 –, roteirizado e dirigido por João Botelho. Tal observação pauta-se por uma compreensão da presença na constituição dessas duas personagens de uma representação de valores românticos, a partir dos quais Eça estabelece uma crítica ao meio social português de sua época. Nesse sentido, são focos de nossa análise as diferentes perspectivas com que o escritor português apresenta esse romantismo, como o critica e como, de certa forma, acaba por se ver impelido a ele. Assim, faz-se a abordagem dos aspectos relacionados ao romantismo, à sua configuração em Portugal, à forma como os integrantes do realismo e do naturalismo português se relacionam com essas questões românticas, estabelecendo sobre elas uma perspectiva fortemente crítica, e à relação estabelecida por Eça com tais questões ao longo da sua produção literária, tendo como ponto culminante Os Maias. Partindo, então, da consideração acerca do romance eciano, se passa à observação de como são realizados os processos de transposição dessas duas personagens para as duas obras audiovisuais a serem estudadas. Isso considerando como os autores dessas adaptações desenvolvem, nas suas obras, esses aspectos românticos formadores das duas personagens no texto literário, contudo tendo em conta os contextos de produção, exibição e recepção em que se inserem. E para o embasamento teórico deste trabalho, são utilizadas as questões relacionadas ao processo de adaptação de textos literários para os media audiovisuais, mais especificamente no que diz respeito ao cinema e à televisão, e ao movimento de construção de personagens ficcionais, levando em conta os aspectos ligados à transposição intermidiática. Nesse viés também, fundamentamo-nos nos estudos narrativos, os quais, no seu desenvolvimento recente com perspectivas cada vez mais amplas, têm se mostrado um meio extremamente eficaz para a análise da relação entre a literatura e os media audiovisuais, possibilitando uma compreensão mais abrangente acerca das mais variadas formas de narrativa e dos elementos que compõem cada uma delas, entre os quais está a personagem. É, portanto, nesse sentido que se desenvolve a análise objetivada para a realização desta tese, utilizando os recursos apresentados pelos estudos narrativos para compreender o modo como são construídas as significações relacionadas ao romantismo na caracterização das personagens Maria Monforte e Tomás de Alencar, desde o romance eciano até a minissérie de Maria Adelaide Amaral e Luiz Fernando Carvalho e o filme de João Botelho.
In the research presented here, the objective is to examine the construction of the characters Maria Monforte and Tomás de Alencar in the novel Os Maias: episódios da vida romântica – published in 1888 –, by Eça de Queirós, and, based on this examination, an analysis of how they are refigured in two adaptations of this literary text. Such adaptations are the miniseries Os Maias – shown in 2001 and released on DVD, edited by the director in 2004 –, with screenplay by Maria Adelaide Amaral and directed by Luiz Fernando Carvalho, and the film Os Maias: cenas da vida romântica – released in Portuguese cinemas in 2014, as a miniseries on television in 2015, as a DVD in 2015 and with the full DVD version in 2016 –, scripted and directed by João Botelho. Such observation is guided by an understanding of the presence in the constitution of these two characters of a representation of romantic values, from which Eça establishes a critique of the Portuguese social environment of his time. In this sense, the different perspectives with which the Portuguese writer presents this romanticism are the focus of our analysis, how he criticizes it and how, in a way, he finds himself impelled to it. Thus, the aspects related to romanticism, its configuration in Portugal, the way in which the members of Portuguese realism and naturalism relate to these romantic issues are approached, establishing a strongly critical perspective on them, and the relationship established by Eça with such questions throughout your literary production, with Os Maias as the culmination. Then, starting from the consideration about the ecian novel, we move on to the observation of how the processes of transposition of these two characters are carried out for the two audiovisual works to be studied. This considering how the authors of these adaptations develop, in their works, these romantic aspects that form the two characters in the literary text, however taking into account the contexts of production, exhibition and reception in which they are inserted. And for the theoretical basis of this work, questions related to the process of adapting literary texts to audiovisual media are used, more specifically with regard to cinema and television, and the movement to construct fictional characters, taking into account the aspects linked to intermidiatic transposition. In this bias too, we are based on narrative studies, which, in their recent development with increasingly broad perspectives, have proved to be an extremely effective means for analyzing the relationship between literature and audiovisual media, enabling a more comprehensive understanding about the most varied forms of narrative and the elements that make up each one, among which is the character. It is, therefore, in this sense that the objective analysis for the realization of this thesis is developed, using the resources presented by the narrative studies to understand how the meanings related to romanticism are constructed in the characterization of the characters Maria Monforte and Tomás de Alencar, from the ecian romance to the miniseries of Maria Adelaide Amaral and Luiz Fernando Carvalho and the film by João Botelho.
Description: Tese no âmbito do programa de doutoramento em Literaturas de Língua Portuguesa, orientada pelo Professor Doutor Carlos António Alves dos Reis e apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/96416
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Português - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE BIANCA VOGLER.pdf6.54 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

11
checked on Nov 26, 2021

Download(s)

5
checked on Nov 26, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.