Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96382
Title: A experiência de adaptação de mães de crianças e adolescentes com paralisia cerebral: Um estudo qualitativo
Other Titles: The Adaptation Experience of Mothers of Children and Adolescents with Cerebral Palsy: A Qualitative Study
Authors: Mimoso, Inês
Sotero, Luciana 
Cunha, Ana Isabel
Queiroz, Juliana
Keywords: Paralisia cerebral; Mães; Adaptação; Análise temática; Cerebral palsy; Mothers; Adaptation; Thematic analysis
Issue Date: 2021
Publisher: Ludomedia
Serial title, monograph or event: New Trends in Qualitative Research
Volume: 8
Place of publication or event: Oliveira de Azeméis
Abstract: Introdução: A paralisia cerebral (PC) é uma das condições crónicas pediátricas mais comuns, impondo múltiplos desafios à vida das famílias, em particular, às mães, que assumem a maior parte dos cuidados da criança. No entanto, apesar das exigências associadas ao cuidado de uma criança com PC, a literatura tem demonstrado que os pais também possuem capacidades para enfrentar a adversidade. Objetivos: Compreender a experiência destas mães, explorando os fatores que, na sua perceção, contribuem para uma adaptação positiva. Métodos: Foi realizado um estudo qualitativo, com recurso a entrevistas semiestruturadas a 6 mães de crianças/adolescentes com PC. Os dados foram analisados recorrendo a uma análise temática. Resultados: Identificaram-se cinco grandes temas que evidenciam fatores importantes para a adaptação: (1) cooperação intrafamiliar; (2) rede de apoio; (3) perceção de competência; (4) pôr a PC “no seu lugar”; e (5) manutenção de uma visão positiva. Conclusões: A identificação destes temas permitiu evidenciar as forças e os recursos associados a uma trajetória adaptativa de mães de crianças/adolescentes com PC, traduzindo-se em pistas para a intervenção clínica e um ponto de partida para futuras investigações.
Introduction: Cerebral palsy (CP) is one of the most common chronic pediatric conditions worldwide, raising multiple challenges on the family, particularly, on mothers, who assume most of the care that the child needs. Nevertheless, despite the demands associated with the care of the child, the literature has been showing that parents also have the competence to face adversity. Goals: Understand the experience of these mothers, exploring the factors that, in their perception, contribute to a positive adaptation. Methods: A qualitative study was conducted, using semi-structured interviews, with six mothers of children/adolescents with CP. The present data were analysed using a thematic analysis. Results: Five major themes were identified that highlight important factors for the adaptation: (1) intrafamily cooperation; (2) support network; (3) perception of competence; (4) put the PC “in its place”; e (5) maintenance of a positive outlook. Conclusions: The identification of these themes allows us to highlight the strengths and resources associated with an adaptive trajectory of mothers of children/adolescents with CP, translating into clues for clinical intervention and a starting point for future investigations.
URI: http://hdl.handle.net/10316/96382
ISSN: 2184-7770
DOI: 10.36367/ntqr.8.2021.645-653
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A experiencia de adaptacao de maes de criancas e adolescentes.pdf327.45 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

17
checked on Nov 26, 2021

Download(s)

4
checked on Nov 26, 2021

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons