Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96213
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartins, Maria Rita Vieira-
dc.contributor.authorFernandes, Maria Filomena Rodrigues-
dc.date.accessioned2021-10-29T22:00:26Z-
dc.date.available2021-10-29T22:00:26Z-
dc.date.issued2021-09-09-
dc.date.submitted2021-10-29-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/96213-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Gestão Sustentável do Ciclo Urbano da Água apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia-
dc.description.abstractAs alterações climáticas, pressão económica e o aumento da população têm determinado um crescimento significativo na utilização da água. A sustentabilidade do setor da água pode ser encarada segundo diferentes perspetivas. De facto, a essencialidade do serviço e a ausência de substitutos, a par da estrutura organizacional do setor, decorrente das suas caraterísticas de monopólio natural, levantam um conjunto de preocupações que justificam a sua regulação.Neste trabalho procede-se à análise do desempenho dos operadores dos sistemas de abastecimento de água em Portugal continental, em cada uma das três dimensões base da sustentabilidade: ambiental, económica e social. Primeiramente, analisa-se de que forma os operadores se comportam em cada dimensão da sustentabilidade, para depois avaliar se o desempenho é similar nas três vertentes, ou se o bom desempenho numa (s) vertentes (s) é conseguido à custa de um pior desempenho noutras(s) vertente(s). Para concretizar o objetivo mencionado definiram-se as variáveis mais adequadas para aferir da sustentabilidade dos operadores, inspiradas na literatura da especialidade e no modelo de regulação adotado. Para calcular a classificação média de cada operador em cada uma das vertentes da sustentabilidade, normalizou-se os valores registados de cada variável, atribuindo o mesmo peso a todas as variáveis usadas como proxies em cada dimensão.Os resultados obtidos permitem concluir que quando melhora a sustentabilidade dos operadores na dimensão económica, também melhora o seu desempenho na vertente ambiental, mas diminui a sua sustentabilidade social. Os resultados obtidos permitem concluir que quando melhora a sustentabilidade dos operadores na dimensão económica, também melhora o seu desempenho dos operadores na vertente ambiental, mas que diminui a sua sustentabilidade social.por
dc.description.abstractClimate change, economic pressure and population growth have determined a significant growth in water use.The sustainability of the water sector can be seen from different perspectives. In fact, the essential nature of the service and the absence of substitutes, together with the sector's organizational structure, resulting from its natural monopoly characteristics, raise a set of concerns that justify its regulation.This work analyzes the performance of water supply system operators in Portugal, in each of the three basic dimensions of sustainability: environmental, economic and social.First, it assesses how the operators behave in each dimension of sustainability, and then whether the performance is similar in the three dimensions, or whether the good performance in one dimension is achieved at the expense of a worse performance in another. To achieve the mentioned objective, the most appropriate variables were defined to assess the sustainability of operators, inspired by the related literature and the regulation model. To compute the average score of each sustainability dimension per operator, the values recorded for each variable used as a proxy in each dimension of sustainability, were normalized considering that all variables had the same weight.The results obtained allow us to conclude that when the sustainability of the operators improves in the economic dimension, the performance of the operators in the environmental aspect also improves, but that social sustainability decreases.eng
dc.language.isopor-
dc.rightsopenAccess-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/-
dc.subjectsustentabilidadepor
dc.subjectsetor de abastecimento de águapor
dc.subjectentidades gestoraspor
dc.subjectreguladorpor
dc.subjectutilizador finalpor
dc.subjectsustainabilityeng
dc.subjectwater supply sectoreng
dc.subjectmanagement entitieseng
dc.subjectregulatoreng
dc.subjectend userseng
dc.titleSustentabilidade no sector de abastecimento de água - Uma abordagem multidimensionalpor
dc.title.alternativeSustainability in the water supply setor - a multidimensional approacheng
dc.typemasterThesis-
degois.publication.locationDEC-FCTUC-
degois.publication.titleSustentabilidade no sector de abastecimento de água - Uma abordagem multidimensionalpor
dc.peerreviewedyes-
dc.identifier.tid202777707-
thesis.degree.disciplineEngenharia Civil-
thesis.degree.grantorUniversidade de Coimbra-
thesis.degree.level1-
thesis.degree.nameMestrado em Gestão Sustentável do Ciclo Urbano da Água-
uc.degree.grantorUnitFaculdade de Ciências e Tecnologia - Departamento de Engenharia Civil-
uc.degree.grantorID0500-
uc.contributor.authorFernandes, Maria Filomena Rodrigues::0000-0002-5303-7734-
uc.degree.classification15-
uc.degree.presidentejuriSimões, Nuno Eduardo da Cruz-
uc.degree.elementojuriSousa, Joaquim José de Oliveira-
uc.degree.elementojuriMarques, José Alfeu Almeida de Sá-
uc.degree.elementojuriMartins, Maria Rita Vieira-
uc.contributor.advisorMartins, Maria Rita Vieira-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
Show simple item record

Page view(s)

11
checked on Dec 23, 2021

Download(s)

9
checked on Dec 23, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons