Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96171
Title: Comportamento higrotérmico de pequenos espaços museológicos de baixa ocupação. Estudo de caso
Other Titles: Hygrothermal Behaviour of Low Occupancy Small Museological Spaces. A Case Study
Authors: Caldas, Felipe Dias Baptista Gomes
Orientador: Silva, José António Raimundo Mendes da
Almeida, Ricardo Manuel dos Santos Ferreira de
Keywords: Análise higrotérmica; Museus; Conservação preventiva; Pavilhão do Círculo Meridiano; Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra; Hygrothermic analysis; Museums; Preventive conservation; Pavilhão do Círculo Meridiano; Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra
Issue Date: 29-Jul-2021
Serial title, monograph or event: Comportamento higrotérmico de pequenos espaços museológicos de baixa ocupação. Estudo de caso
Place of publication or event: DEC-FCTUC
Abstract: O microclima num museu é dependente da harmonia entre condições de temperatura e humidade. Diferentes configurações de aquecimento, arrefecimento ou ventilação induzem o edifício a um comportamento higrotérmico. Estas podem propiciar condições de insalubridade que podem comprometer tanto o edifício quanto o seu acervo. Os pequenos museus são mais suscetíveis às perturbações do microclima em comparação com os grandes museus. A mudança repentina das condições ambientais, como o aumento brusco das condições de humidade relativa, influencia mais as construções de menor volume interior. Isto é particularmente relevante em pequenos edifícios de museus, por serem mais sensíveis às variações higrotérmicas. Como caso de estudo, escolheu-se o Pavilhão do Círculo Meridiano do Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra. Construído ao fim da década de 1950, o Pavilhão possui paredes espessas em alvenaria de pedra, as quais conferem elevada inércia térmica ao edifício. O estudo proposto testa o comportamento microclimático do edifício ao longo de quatro meses e em configurações distintas de gestão do microclima – por meio de contributos exteriores impostos. Nesta dissertação, analisam-se e discutem-se os resultados das medições de temperatura e humidade ao longo dos meses de fevereiro, março, abril e maio. Além disso, realiza-se um estudo estatístico baseado em dia-tipo para representar o comportamento higrotérmico. O dia-tipo representa num único dia do mês 24 diagramas de caixa (um diagrama de caixa a cada hora inteira do dia), os quais fornecem informação sobre todos os valores mensais dos parâmetros climáticos. Os dados, coletados por meio de sensores data loggers, posteriormente ao tratamento, foram utilizados como fonte de dados para os gráficos de dia-tipo. Por meio de campanhas de registo higrotérmico no interior do edifício, foram testados os casos de: aquecimento, ventilação e desumidificação. Dessa forma, averiguam-se as modificações que essas inserções geraram ao ambiente interno, e, assim, discutem-se algumas particularidades desse caso de estudo.
The microclimate in a museum is dependent on the harmony between the conditions of temperature and humidity. Different settings for heating, cooling or ventilation induce various microatmosferic behaviour and this can provide healthy or inadequate conditions that can compromise both the building and its collection. Small museums are more easily induced to microclimate disturbances compared to large museums. Sudden change in environmental conditions, such as the sudden increase in relative humidity conditions, have a greater influence on buildings with a smaller interior volume. This is particularly relevant in small museum buildings, as they are more relevant to hygrothermal variations. As a case study, the Museum of the Geophysical and Astronomical Observatory of the University of Coimbra was chosen. Built at the end of the 1950s, the building consists of stone walls with high thermal inertia and has an old and deactivated retractable iron dome. The proposed study tests the building's behaviour in different configurations - through external contributions. The results of the temperature and humidity specifications over the months of February, March, April and May are analyzed and discussed. The data collected through data loggers sensors made it possible to obtain a wide range of data, which after treatment were used as a data source for the type-days. A statistical study based on standard days is carried out to represent the hygrothermal behaviour. Through a hygrothermal registration campaign inside the building, the following cases were tested: heating, ventilation and dehumidification. In this way, it is possible to find out how changes these insertions generated in the internal environment and with this discuss some particularities of this case study.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/96171
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

15
checked on Nov 26, 2021

Download(s)

8
checked on Nov 26, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons