Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96122
Title: Citizens' perceptions on weeds and their control using synthetic chemical herbicides
Other Titles: As perceções dos cidadãos sobre plantas infestantes e o seu controlo com herbicidas químicos de síntese
Authors: Gaspar, Cláudia José Francisco
Orientador: Galhano, Cristina Isabel Cabral
Castro, Paula Cristina de Oliveira
Keywords: Perceções da população; Herbicidas; Glifosato; Controlo de plantas infestantes; Inquérito por questionário; Population perceptions; Herbicides; Glyphosate; Weed control; Questionnaire survey
Issue Date: 17-Sep-2021
Serial title, monograph or event: Citizens' perceptions on weeds and their control using synthetic chemical herbicides
Place of publication or event: Residência própria
Abstract: Nos últimos anos, a preocupação com a libertação de herbicidas sintéticos no meio ambiente tem vindo a crescer na opinião pública, especialmente com o estabelecimento cada vez mais evidente dos impactes ambientais e na saúde humana. Assim, o controlo de infestantes com recurso a herbicidas sintéticos é considerado cada vez mais um problema global, não só na agricultura, mas em todos os ecossistemas, incluindo as áreas urbanas. No entanto, existem poucos estudos científicos abrangendo as perceções da população em geral sobre os impactes destes produtos, e os que existem, incidem principalmente em profissionais ligados à sua utilização, sobre a perceção dos riscos dos herbicidas, assim como sobre os métodos utilizados no seu controlo. Para colmatar esta falta de informação, foi realizado um inquérito online para avaliar as perceções da população portuguesa sobre: a existência de plantas infestantes e o respetivo controlo nas suas áreas de residência; o uso de herbicidas químicos de síntese ou de alternativas, assim como sobre a sensibilidade acerca dos impactes na saúde humana e no meio ambiente e o seu interesse nesta temática. Demonstrou-se que existe um grande interesse no tema, sendo dada maior importância à necessidade de controlo de plantas infestantes em áreas funcionais como por exemplo, passeios e muros. A maioria da população refere conhecer o composto glifosato e os seus efeitos secundários, defendendo a redução ou proibição da aplicação dos químicos de síntese em áreas urbanas. Os herbicidas são amplamente reconhecidos como perigosos para a saúde e para o ambiente; os respondentes referem ainda que a informação sobre ações de controlo em espaços públicos é escassa. No entanto, existem diferenças de perceção entre grupo de respondentes, dependendo do seu local de residência, género, idade e terem formação na área do ambiente/ecologia. Os resultados obtidos reforçam a necessidade de existirem mais estudos, mais sensibilização e informação acerca do controlo de infestantes, bem como a inclusão das populações na procura de alternativas aos herbicidas químicos de síntese.
Weed control using synthetic herbicides is considered a major problem not only for agriculture but also for urban areas. However, there are few scientific studies, covering the general population, focusing on citizens' perception about the presence of weeds, as well as on the methods used to control them, particularly on the use of synthetic chemical herbicides. In recent years, concern about the release of synthetic herbicides into the environment has been increasing in public opinion, especially with the increasingly evident establishment of environmental and health impacts. Thus, weed control using synthetic herbicides is increasingly seen as a global problem, not only in agriculture but in all ecosystems, including urban areas. However, there are few scientific studies covering the perception of impacts by the general population, and when they do exist, focus mainly on professionals involved in their use, on the perceived risks of herbicides as well as on the methods used to control them. To make up for this lack of information, an online survey was carried out to assess the perceptions of the Portuguese population on: the existence of weeds and their control in the areas of residence; the use of synthetic chemical herbicides or alternatives, as well as the sensitivity about the impacts on human health and the environment; interest in the topic of environmental education and participation in related initiatives. It has been shown that there is a great interest in the theme, with greater importance being given to the need for weed control in functional areas such as pavements, walls). It appears that the majority of the population is aware of glyphosate and its side effects and advocates the reduction or banning of synthetic chemicals in urban areas. Herbicides are widely recognized as hazardous to health and to the environment and knowledge about control actions in public spaces is scarce. Nevertheless, there are differences in perception between groups, depending on the place of residence, gender, age, and training in the environment area. The obtained results reinforce the need for more studies, greater transparency and information on weed control, as well as the inclusion of populations in the search for solutions.
Description: Dissertação de Mestrado em Biodiversidade e Biotecnologia Vegetal apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/96122
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissetação Mestrado Corrigida - Cláudia José Francisco Gaspar.pdf2.7 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

5
checked on Nov 25, 2021

Download(s)

1
checked on Nov 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons