Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/95425
Title: Indexação de Literatura: Quadro Teórico e Princípios Gerais
Authors: Silva, Patrícia de Almeida Monteiro da
Orientador: Borges, Maria Manuel
Ávila, Daniel Martínez
Keywords: Indexação; Indexing; Literatura; Ficção; representação documental; assunto literário; Literature; Fiction; document representation; literary subject
Issue Date: 21-May-2021
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A indexação é uma das mais importantes áreas de atuação da Organização do Conhecimento, indispensável para a localização e para a recuperação da informação. Neste âmbito, as operações de cunho semântico relacionadas com a análise e a representação documental, em concreto os sistemas de classificação bibliográfica e de indexação por assunto, são fundamentais na recuperação da informação. No que respeita aos documentos de Literatura, as práticas de representação do assunto mostram-se distintas, quando comparadas com as dos documentos de outras áreas do conhecimento, priorizando aspetos de forma em detrimento dos de conteúdo intelectual. Ainda que o tratamento diferenciado esteja reconhecido e genericamente aceite, a representação do assunto da Literatura mostra-se cada vez mais necessária e, pelo seu caráter evasivo, mantém-se como um desafio, motivo por que se constitui como um inquietante objeto de investigação. É neste enquadramento que se realiza um estudo abrangente, que abarca não só o geral da indexação e a especificidade da representação por assunto da Literatura, mas o passado e o presente da representação de obras literárias nos serviços de informação, com foco no que poderá constituir-se como futuro. Paralelamente, este trabalho responde a uma lacuna teórica, atualizando, estruturando e sintetizando as abordagens mais significativas à indexação de documentos de ficção literária. É, pois, objetivo geral estabelecer bases teóricas para um melhor entendimento da indexação de Literatura, com vista a uma prática generalizada. Para o seu cumprimento, efetua-se uma revisão de literatura e adota-se uma estratégia metodológica qualitativa, narrativa e hermenêutica, esta última assumida como uma lente de leitura e de expectativa de sentido. A revisão inicia com uma perspetiva histórica da representação do assunto literário nos cinco principais sistemas de classificação bibliográfica e da importância da indexação. As práticas enquadram-se na tradição da Organização do Conhecimento, contudo estas revelam uma atitude enviesada, pouco adequada às características dos documentos literários e à recuperação da informação. A representação do assunto literário não está alheia às questões problemáticas relativas à indexação documental, nomeadamente as respeitantes aos seus constrangimentos técnicos e conceptuais. O assunto literário destaca-se por uma instabilidade semântica do seu conceito, que obriga a uma análise detalhada e a uma consequente perfiguração, mediante seis variáveis operacionais. Esta perspetiva teórica complementa-se com as principais realizações da indexação de Literatura, agrupadas em horizonte anglo-saxónico, horizonte norte-europeu e horizonte luso-brasileiro. Desta forma, é possível compreender e interpretar a tradição e a atualidade da representação de documentos literários, bem como comunicar o conhecimento alcançado em três níveis de abstração, através da construção de um quadro teórico e de princípios gerais, que refletem as complexidades e as possibilidades da indexação de Literatura. Estes constituem novas bases teóricas e formam o resultado concreto deste trabalho. Por fim, e enquadrado na metodologia traçada, um posicionamento em espaço social e profissional mais amplo valida a investigação num plano sistémico e epistémico. O estudo representa um contributo para colmatar o hiato relativo ao referencial teórico dos documentos literários, assim como uma oportunidade para um novo paradigma na Organização do Conhecimento que compreenda a indexação de Literatura.
Indexing is one of the most important areas of Knowledge Organization, indispensable for locating and retrieving information. In this context, semantic operations related to document analysis and representation, in particular bibliographic classification and subject indexing systems, are specific tasks fundamental for the information retrieval. With regard to Literature documents, the practices of subject representation are different from those for documents from other areas of knowledge, prioritizing formal aspects over intellectual content. Although a different processing is recognized and generally accepted, the subject representation of Literature is increasingly necessary and, due to its evasive nature, remains a challenge, and that is why it is not a comfortable object of research. Within this framework, a comprehensive study was carried out, addressing not only the general aspects of indexing and the specificity of subject representation of Literature, but the past and present of the representation of literary works in information services, focusing on future prospects. In addition, this work is an answer to a theoretical gap, updating, structuring, and synthesizing the main approaches to the indexing of literary fiction documents. Therefore, the aim was to establish theoretical foundations for a better understanding of Literature indexing and the prospects of a generalized practice. A literature review was conducted and a qualitative, narrative, and hermeneutical methodological strategy is adopted, the latter being accepted as a lens for reading and expectation of meaning. The literature review begins with a historical review of the representation of the literary subject in the five main bibliographic classification systems and the importance of indexing. The practices are in line with the Knowledge Organization tradition, however these reveal a biased attitude, inadequate for the specific characteristics of literary documents and information retrieval. The representation of the literary subject is not unrelated to the problematic issues in document indexing, namely those concerning its technical and conceptual constraints. The literary subject is characterized by the semantic instability of its concept, which requires a detailed analysis and a consequent development through six operational variables. This theoretical perspective is complemented with the main achievements of Literature indexing in the Anglo-Saxon tradition, the North European tradition, and the Portuguese-Brazilian horizon. In this vein, it is possible to understand and interpret the tradition and current reality of the representation of literary documents, as well as to communicate the knowledge acquired in three levels of abstraction, that is, through the construction of a theoretical framework and general principles that reflect the complexities and possibilities of Literature indexing. These constitute new theoretical foundations and are the concrete result of this work. Finally, in the context of the chosen methodology, a position in a broader social and professional space validates the research on a systemic and epistemic level. This study represents a contribution to bridge the gap regarding the theoretical framework of literary documents, as well as an opportunity for a new paradigm in Knowledge Organization that includes Literature indexing.
Description: Tese no âmbito do Doutoramento em Ciência da Informação, apresentada ao Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/95425
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Comunicação - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
DCI_tese.pdf6.99 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

10
checked on Jul 23, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.